CEO da NVIDIA diz que crescimento em IA não afetará o foco nos gamers

CEO da NVIDIA diz que crescimento em IA não afetará o foco nos gamers

Atuando como uma das protagonistas no cenário de rápido crescimento no campo da inteligência artificial (IA), o CEO da NVIDIA, Jensen Huang, assegurou aos gamers que eles não serão deixados de lado.

A declaração foi feita durante uma entrevista coletiva em Taipei, uma semana depois que o valor de mercado da NVIDIA atingiu a marca de 1 trilhão de dólares. Essa rápida valorização foi impulsionada principalmente por hardware de IA para data centers.

Leia também
NVIDIA lança novo driver com melhorias para Diablo IV e System Shock Remake
DGX GH200 é o novo supercomputador da Nvidia para IA com 1 exaflop de potência

Primeiros projetos de IA beneficiaram diretamente os gamers

DLSS NVIDIA
DLSS foi a primeira tecnologia desenvolvida pela NVIDIA que usa inteligência artificial

Huang enfatizou que a NVIDIA continua comprometida com os gamers, apontando que os primeiros produtos de IA da empresa foram desenvolvidos com foco nos jogadores. Ele citou o Deep Learning Super Sampling (DLSS) como o primeiro projeto de IA da NVIDIA, uma tecnologia que é um dos pilares da série RTX de placas gráficas.

O DLSS usa IA para melhorar o desempenho dos jogos, proporcionando uma melhoria significativa na qualidade de imagem.

Além disso, Huang destacou a recente introdução do Avatar Cloud Engine (ACE), uma tecnologia que usa IA para melhorar a interação com personagens não jogáveis (NPCs) em jogos. O ACE permite que os NPCs respondam de maneira realista e dinâmica aos jogadores, em vez de se limitar a uma lista de respostas predefinidas.

Huang também abordou a questão da quantidade de RAM nas placas gráficas, um tópico que tem sido objeto de debate entre os gamers. Ele explicou que a memória do buffer de quadros de uma placa gráfica funciona como um cache e que o gerenciamento desse cache é um aspecto crucial do desempenho. Embora mais memória possa ser benéfica, Huang observou que é necessário equilibrar isso com outros fatores, como custo e consumo de energia.

NVIDIA tem diversificado sua receita com inteligência artificial

A NVIDIA tem sido uma das principais fabricantes de GPUs para jogos por mais de 30 anos. Com o recente crescimento no campo da IA, a empresa tem se diversificado. No entanto, a companhia agora trilionária assegura que os gamers continuam sendo uma parte importante de sua estratégia.

Com o DLSS e o ACE, a NVIDIA está demonstrando que a IA pode ser usada para melhorar a experiência de jogo, e não apenas para aplicações empresariais ou de data center.

A declaração de Huang é uma garantia bem-vinda para os gamers, que podem ter se preocupado com a possibilidade de serem deixados de lado à medida que a NVIDIA se expande para novos mercados. No entanto, com a IA se tornando cada vez mais integrada aos jogos, parece que os gamers têm muito a ganhar com os avanços da NVIDIA nesse campo.

Fontes: PCWorld e Wccftech

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X