Como ativar o HDR no Windows 10

Como ativar o HDR no Windows 10

Caso você tenha adquirido um monitor compatível com esta tecnologia ou se usa a sua própria TV como tela do seu computador, é possível realizar alguns ajustes no Windows 10 para que ele possa tirar proveito do grande alcance dinâmico (HDR), recurso habilita os metadados de um conteúdo ajustado para que a reprodução tenha um maior balanço entre zonas mais escuras e mais claras, revelando detalhes que ficam sem o impacto pretendido pelo produtor do conteúdo quando estão com o alcance dinâmico padrão, o SDR.

Antes de explicar o passo a passo para habilitar o HDR no Windows 10 é necessário verificar se o seu computador ate os requisitos necessários para a tecnologia:

Requisitos para HDR no Windows 10

– Windows 10 versão 1803 (update de abril de 2018) ou superior;

– Placa de vídeo compatível com o gerenciamento de direitos autorais PlayReady (para conteúdo HDR protegido), além de suporte para codecs necessários para a decodificação de vídeo de 10-bits (HEVC ou VP9). Este PlayRead é um DRM via hardware da própria Microsoft, placas de vídeo da NVIDIA a partir da série GTX 1000 suportam. Assim como a linha RX 5700 da AMD, RX 400 e 500, que recentemente receberam a compatibilidade via driver.

Em relação ao processadores com chip de vídeo integrado, a Microsoft fala que dispositivos com Intel Kaby Lake ou superior podem dar conta da tarefa;

– Também é necessário uma tela que tenha no mínimo a resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) e 300 nits de brilho. Essa questão dos nits é determinante para o resultado do HDR, assim como a taxa de constaste. A saída de luz do display é medido em quantidade de nits (candela por m2), quanto mais alto for a taxa de nits que o painel consegue alcançar melhor é o rendimento com o HDR. Embora a Microsoft fale em 300 nits, o mais “aceitável”, por assim dizer, é que você busque pelo menos uma tela com 400 nits.

Como o HDR, além do padrão proprietário,  o Dolby Vision, pode ser implementado de forma livre, com os padrões abertos da UHD Alliance (HDR 10 /HDR 10+) há uma verdadeira farra do boi no mercado, com diversos modelos incapazes de oferecer algo próximo ao que realmente deveria ser o HDR. Vide o caso de um modelo de TV UHD que é popular no Brasil, a Samsung RU 7100. A Samsung usa o termo coméstico HDR Premium, mas esse televisor está longe de entregar HDR, entregando no máximo 269 nits, de acordo com a análise do site RTings.

Requisitos para um monitor externo HDR para uso no Windows 10 

– Monitor com suporte ao HDR  – a Microsoft recomenda os modelos com certificação DisplayHDR;

– Suporte para DisplayPort 1.4 / HDMI 2.0, ou superior;

– A placa de vídeo offboard ou o chip gráfico integrado precisam oferecer compatibilidade com o PlayRead 3.0. Pode ser utilizado GeForce série 1000 ou superior, AMD Radeon RX série 400 ou superior ou Intel UHD Graphics série 600 ou superior. Recomendamos uma placa gráfica compatível com decodificação de vídeo de 10 bits com aceleração de hardware para codecs de vídeo HDR, diz a Microsoft em seu site.

– O computador Windows 10 deve ter os codecs necessários instalados para decodificação de vídeo de 10 bits (por exemplo, os codecs HEVC ou VP9).

– É recomendado que você tenha os últimos drivers WDDM 2.4 instalados no computador Windows 10. Para obter os últimos drivers, acesse o Windows Update em Configurações ou confira o site do fabricante do computador.

Como ativar o HDR no Windows 10

Pronto, agora que conhecemos os requisitos para que o conteúdo em HDR no Windows 10 seja habilitado vamos para o passo a passo sobre como ativar a tecnologia no sistema. Ah, um detalhe: caso você pretenda ativar o HDR em um notebook verifique se ele está conectado na tomada antes de iniciar o procedimento, devido ao alto consumo de energia que o HDR demanda.

– Clique em iniciar e em seguida em configurações;

– Agora clique na primeira seção exibida na tela, Sistema;

– A primeira opção do grupo sistema é justamente a que precisamos tratar para lidar com o HDR, a opção vídeo;

– Abaixo de Windows UHD Color ative a chave deslizante em que está escrito “Reproduzir jogos e aplicativo HDR”.

– Ao ativar o recurso, ficará disponível alguns ajustes, através da opção “Configurações do Windows UHD Color”, clique nela;

– Agora você consegue ter uma visão geral de como a tecnologia está ativa na sua tela. É possível comprovar que o Windows 10 ativou o HDR tanto para jogos e aplicativos, quanto para a transmissão de vídeos em HDR, utilizar um vídeo de referência para notar a diferença entre o HDR ligado e desligado, além de ajustar o brilho para um conteúdo SDR.

 

Você também deve ler!

O que é e como ouvir músicas compatíveis com a tecnologia 360 Reality Audio, da Sony

i3, i5, i7, i9: entenda a diferença entre os processadores Intel

O que é HDMI ARC ?

MP3, WAV, FLAC, AIFF… conheça os principais formatos de áudio

Como atender ligações do seu celular Android com o aplicativo Seu Telefone no Windows 10

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X