Como atualizar o Windows 10

Como atualizar o Windows 10

ensinamos como fazer a instalação do Windows 10 a partir de um pendrive, e agora iremos mostrar outro processo muito importante no do sistema operacional, a atualização. É a partir dos updates que o Windows 10 pode receber novos recursos e corrigir bugs e falhas graves de segurança.

O processo de atualização do Windows passa por uma central no sistema responsável por gerenciar esta tarefa, o Windows Update, presente nos SO da Microsoft desde o Windows 98.

As atualizações do Windows 10 são divididas em duas categorias: atualizações de recursos e de qualidade. Os updates de recursos são lançadas duas vezes por ano e incluem novas funções, bem como possíveis atualizações de segurança. Atualmente a atualização de recurso mais recente do Windows 10 é a Build 1903 – update de maio de 209. No caso das atualizações de qualidade elas são mais frequentes e incluem pequenas correções e atualizações de segurança.

Além das atualizações serem enviadas de forma automática o usuário também pode “forçar” o update de forma manual, já que algumas atualizações não estão disponíveis para todos os usuários ao mesmo tempo, a solicitação manual é uma forma de checar se o update está disponível para aquele computador.

Como atualizar o Windows 10

Para buscar uma atualização de forma manual, através do Windows Update, você deve seguir os seguintes passos:

Clique no botão iniciar no canto inferior esquerdo da tela

Clique sobre o ícone que simboliza uma engrenagem para acessar a área de configurações do sistema

Em configurações, clique sobre a última opção da lista exibida: “atualização e segurança”.

No canto direito você verá um botão “verificar se há atualizações”. O processo automático de checagem de atualização será iniciado.

Após a checagem o Windows 10 listará todas as atualizações disponíveis.

Há uma hierarquia nesse processo como são exibidos os updates. As atualizações de recursos serão exibidas numa área de destaque. No exemplo abaixo não está disponível nenhuma atualização de qualidade, mas a de recursos, o update para a Build 1903 do Windows está liberado, listado numa área especial.

Graças a esse ciclo de renovações constantes do Windows 10 a Microsoft incluiu uma função que permite interromper o download e instalação da atualização. Interromper um update é muito útil, pois você pode esperar para instalar apenas quando tiver certeza que a atualização está estável.

O Windows 10 tem retrospecto de atualizações com problemas que são corrigidos posteriormente pela Microsoft, pausar o update e ficar de olho no que sai na mídia e fóruns pela internet é uma forma de averiguar como tal update está se comportando.

Para pausar os updates do Windows 10 é só seguir o seguinte caminho: iniciar > configurações > atualização e segurança > opções avançadas. Nesta tela ligue a opção “pausar atualizações”. A instalação de atualizações ficará pausada no dispositivo por até 35 dias. Quando as atualizações forem retomadas, o dispositivo precisará obter as atualizações mais recentes para que seja possível pausar novamente.

Após o download das atualizações o Windows 10 precisará ser reiniciado para a instalação ocorra. O Windows tentará reiniciar o computador quando ele não estiver sendo usado. No entanto, você também pode agendar a reinicialização. Para agendar o update é bem simples. Basta seguir os seguintes passos: clique sobre o botão iniciar > acesse configurações > atualização e segurança > Windows Update > clique em agendar a reinicialização > ative o recurso e defina o melhor horário e dia.

O Windows 10 também oferece um painel em que é exibido o histórico de atualizações. Por esse histórico você pode checar quais as atualizações já estão instaladas no Windows 10 e quando isso foi feito. Também é possível utilizar essa lista para remover atualizações específicas.

Para ter acesso ao histórico de atualizações siga o seguinte caminho: clique em iniciar > vá até configurações > atualização e segurança > Windows Update > exibir histórico de atualizações.

Embora não seja recomendado, é possível remover quaisquer atualizações baixadas e instaladas. O processo de remoção é feito através do histórico de atualizações que vimos acima. Dentro do histórico de atualizações clique em desinstalar atualizações. Na próxima tela, listando as atualizações instaladas, escolha a que você deseja remover e clique em desinstalar.

Windows 10

Lançado em 2015, o Windows 10 é atualmente sistema operacional líder em participação de mercado, com mais de 40% de share, de acordo com a NetMarketShare. Mais de 800 milhões de dispositivos já contam com essa versão instalada. Dentre suas principais características do sistema, está o retorno do botão iniciar, retirado no Windows 8, e a presença do Microsoft Edge, navegador que substituiu o Internet Explorer.

Com o Windows 10 a Microsoft também intensificou sua “guerra” contra as soluções de segurança de terceiros, renovando completamente o Windows Defender, está mais do que consolidado como uma solução nativa de segurança que realmente protege o dispositivo. A versão mais recente do Windows 10 é a Build 1903, lançada em maio de 2019. Esta atualização está presente em mais de 30% da base de dispositivos que rodam o Windows 10.

Você também deve ler!

Os melhores monitores voltados para gamers

Melhores aplicativos para usar VPN gratuitamente

Melhores smartphones para jogos

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X