Óculos de realidade virtual da Apple custam US$ 1.500 para ser fabricado; imagine o preço final

Óculos de realidade virtual da Apple custam US$ 1.500 para ser fabricado; imagine o preço final

A Apple, conhecida por seus produtos de qualidade e que despertam o desejo de milhões de usuários, está se preparando para entrar no mercado de realidade virtual e aumentada com um produto que promete ser revolucionário.

O tão esperado headset de realidade virtual da Apple, cujos detalhes de fabricação foram recentemente revelados, tem um custo estimado de produção de cerca de US$ 1.500, de acordo com várias fontes.

Leia também
Quais são as principais diferenças entre Realidade Virtual e Realidade Aumentada?
Cirurgia para separar gêmeos siameses aconteceu em sala com realidade virtual

Lista de componentes do headset de realidade virtual da Apple

A lista de componentes do dispositivo, conforme divulgado, é extensa e inclui uma variedade de tecnologias avançadas. O coração do headset são dois chips, custando entre US$ 120 e US$ 140.

As telas Micro OLED, que prometem uma experiência visual imersiva, têm um custo estimado de US$ 280 a US$ 320. O dispositivo também contará com 14 câmeras, com um custo total de US$ 160.

Outros componentes incluem um sistema de lentes óptico-mecânicas (US$ 70-80), um módulo de ajuste de distância pupilar (US$ 30-35), uma parte do sensor 3D (US$ 80-90), uma estrutura intermediária de metal (US$ 95), peças de aparência (US$ 15-20), uma bateria externa (US$ 22-25), um microfone e alto-falantes (US$ 21-22 e US$ 16-18, respectivamente), entre outros.

O custo total de produção, considerando todos os componentes e a montagem, é de aproximadamente US$ 1.400. No entanto, levando em conta os custos de envio, a estimativa conservadora é de cerca de US$ 1.600.

Preço final deve ser para poucos

Levando em consideração o alto custo de produção, o preço final do headset de realidade virtual da Apple tem tudo para ser igualmente alto, possivelmente chegando a US$ 3.000. Isso pode ser parte da estratégia da Apple de apresentar inicialmente uma tecnologia de ponta a um preço premium, para depois oferecer opções mais acessíveis aos consumidores.

A Apple tem um histórico de lançar produtos com preços mais altos que a concorrência, mas que oferecem uma experiência de usuário superior. Com o seu headset de realidade virtual, a empresa parece estar seguindo a mesma estratégia. Resta saber se os consumidores estarão dispostos a pagar um preço premium por este novo dispositivo.

No entanto, é importante lembrar que esses são apenas rumores e estimativas. A Apple ainda não fez nenhum anúncio oficial sobre o preço ou a data de lançamento do seu headset de realidade virtual. Portanto, teremos que esperar para ver o que a empresa tem reservado para nós. Provavelmente ela traga informações oficiais sobre este óculos de realidade virtual na WWDC 2023.

O que sabemos sobre o headset de realidade virtual da Apple?

Tudo o que sabemos até agora é oriundo de rumores que circulam na internet. O óculos de realidade virtual da Apple, será chamado de Reality Pro. Segundo essas especulações, o dispositivo foi apresentado em um evento exclusivo para os principais executivos da empresa e tem previsão de lançamento ainda este ano.

O suposto Reality Pro, de acordo com os rumores, tem uma aparência semelhante aos óculos usados para a prática de esqui, com uma estrutura construída em fibra de carbono e uma bateria externa. O dispositivo ofereceria uma autonomia de duas horas de uso contínuo e teria um design que não é compatível com óculos comuns. No entanto, a Apple permitirá que os usuários adicionem prescrições de suas lentes de óculos comuns na hora da compra.

Os rumores também sugerem que o headset contará com sua própria versão da Digital Crown, um recurso visto principalmente no Apple Watch. No caso do suposto Reality Pro, ele controlaria o ajuste da transparência da realidade, permitindo ao usuário escolher entre uma experiência totalmente imersiva ou níveis mais altos de transparência para ter noção do espaço real ao seu redor.

O Reality Pro será equipado com o sistema operacional realityOS, que ofereceria rastreamento mais preciso tanto para os olhos quanto para as mãos, expansão de telas para Mac, um motor gráfico mais avançado para jogos e até mesmo uma experiência de cinema. O lançamento oficial do dispositivo, segundo os rumores, é esperado para a WWDC 2023, que acontecerá no dia 5 de junho. Mais uma vez, é importante lembrar que todas essas informações são baseadas em rumores e a Apple ainda não confirmou oficialmente nenhum desses detalhes.

Fontes: Phone Arena e XR Daily News

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X