Spotify amplia liderança em streaming de áudio com mais de 515 milhões de usuários

Spotify amplia liderança em streaming de áudio com mais de 515 milhões de usuários

O Spotify, líder mundial em streaming de áudio, divulgou seu relatório financeiro do primeiro trimestre de 2023 nesta terça-feira (25). O relatório revelou um crescimento expressivo em seu número de usuários ativos e assinantes premium. De acordo com a empresa, este é o melhor desempenho desde que o Spotify se tornou público em 2018.

Leia também
Quando chega o Spotify HiFi? Nem o CEO da empresa tem a resposta
Spotify bate próprias metas e chega a 205 milhões de assinantes, uma marca histórica

Aumento no número de usuários ativos e de assinantes

O relatório mostra que a plataforma de streaming registrou um aumento de 22% em seus usuários ativos mensais (MAUs). Com isso, o Spotify atingiu a marca de 515 milhões de usuários ativos por mês. Esse é realmente um aumento expressivo em comparação com os 422 milhões de usuários ativos no mesmo período do ano anterior.

Além disso, houve um aumento de 15% no número de assinantes do serviço premium, que agora conta com 210 milhões de pagantes. Ou seja, isso dá 28 milhões de assinantes a mais do que no primeiro trimestre de 2022. Segundo o Spotify, este crescimento pode ser atribuído a mercados como Europa e América do Sul.

O aumento no número de usuários ativos e assinantes premium foi impulsionado pelas novas funcionalidades e melhorias implementadas pela plataforma no início do ano. Entre as inovações, estão aprimoramentos na interface do usuário, contratos de exclusividade com personalidades famosas e lançamento de novos recursos para melhorar a experiência dos usuários.

Um desses recursos é o novo feed do aplicativo, lançado em março, que visa aprimorar a sugestão de conteúdo para os ouvintes. A melhoria na interface proporciona uma maior interação entre fãs e artistas.

Outra novidade é a opção de selecionar playlists que não afetam as recomendações personalizadas. Dessa forma os usuários podem remover qualquer playlist de seu “Perfil de Gosto Musical”, que é baseado no que eles ouvem e em seus hábitos dentro da plataforma.

Spotify também teve aumento de receita

A receita total da plataforma também cresceu, com um aumento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando € 3 bilhões. Esse crescimento foi impulsionado principalmente pelos novos assinantes do serviço premium. A margem bruta apresentou um aumento de 25,2%, um número muito próximo ao registrado no primeiro trimestre de 2022.

Vale ressaltar que, em janeiro de 2023, o Spotify demitiu aproximadamente 600 funcionários, representando cerca de 6% de sua força de trabalho global. No entanto, o desempenho sólido da empresa neste trimestre demonstra a capacidade da plataforma de continuar crescendo e consolidando sua liderança no mercado de streaming de áudio, mesmo diante de desafios e mudanças internas.

Com o atual ritmo de crescimento e as inovações implementadas, o Spotify mostra-se determinado em expandir ainda mais sua presença no mercado global e fortalecer sua posição como líder em streaming de áudio.

Fonte: Spotify

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X