Plano da Netflix com anúncios estará disponível no Brasil a partir de 3 de novembro

Plano da Netflix com anúncios estará disponível no Brasil a partir de 3 de novembro

A Netflix oficializou sua nova opção de plano. Batizado de “Básico com Anúncios”, a nova modalidade da plataforma líder no segmento de streaming de vídeo sob demanda, estará disponível no Brasil a partir do dia 3 de novembro, às 13h (horário de Brasília), por R$ 18,90/mês.

Considerando o mercado americano, o plano custará US$ 6,99, mais em conta que o Disney+ com anúncios, que será lançado em dezembro por US$ 7,99.

Além do valor mais modesto, considerando as demais opções de planos da companhia, o plano se caracteriza pela exibição de propaganda de  15 a 30 segundos. Segundo a Netflix, o assinante  deverá ser exposto a no máximo 4 a 5 minutos de anúncios por hora, seja antes do início da programação, seja no meio.

O plano também conta com limitação de acesso ao catálogo. A empresa fala que “um número limitado de filmes e séries não estarão disponíveis devido a restrições de licenciamento”. É esperado algo em torno de  5% a 10% em relação aos demais planos, dependendo do país, já que os acordos de licenciamento variam de acordo com a região. A opção de download, para assistir ao conteúdo de forma offline, também não estará disponível.

Você também deve ler!

Do DVD ao Streaming: Netflix completa 25 anos

Por que a Netflix segue cobrando uma mensalidasde mais cara pelo 4K?

A Netflix também destacou que a publicidade será segmentada, uma das principais características quando falamos de anúncios na web.

“Para ajudar os anunciantes a alcançar o público certo, além de garantir que nossos anúncios sejam mais relevantes para os clientes, ofereceremos recursos de direcionamento por país e gênero (por exemplo, ação, drama, romance, ficção científica). Os anunciantes também poderão evitar que seus anúncios apareçam em conteúdos que não têm a ver com a marca (por exemplo, associados a cenas de sexo, nudez ou violência explícita)”, explica a empresa. 

 

Além do Brasil, o plano estará disponível na Alemanha, Austrália, Canadá, Coreia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México e Reino Unido.

Resolução de reprodução

Além da limitação no catálogo, a Netflix também impõe uma resolução mais baixa. Os vídeos serão reproduzidos em 720p (HD). Resolução que passa a ser o padrão da Netflix. Sai de cena o jurássico 480p (SD), que a empresa mantinha no plano básico, e traz o HD tanto para o plano “Básico” quanto o “Básico com anúncios”. Com a mudança, o panorama dos planos passa a ser o seguinte:

  • Básico com Anúncio: R$ 18,90 (sem modo offline, menos conteúdo, 720p);
  • Básico: R$ 25,90 (modo offline, 720p);
  • Padrão: R$ 39,90 (modo offline, 1080p);
  • Premium: R$ 55,90 (modo offline, 4K+HDR).

“Estamos confiantes que, com preços a partir de R$ 18,90 ao mês, a Netflix terá um valor e um plano para todos os fãs. Essa iniciativa está apenas começando, mas ficamos felizes com o interesse tanto dos consumidores quanto dos anunciantes, e estamos muito empolgados com o que vem por aí”, declarou Greg Peters, Chief Operating Officer da empresa.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X