Rumor: plano da Netflix com anúncios terá quatro minutos de publicidade por hora

Rumor: plano da Netflix com anúncios terá quatro minutos de publicidade por hora

A Netflix já está trabalhando para começar, em pouco tempo, a oferecer uma opção de plano mais acessível, porém com publicidade durante a sua programação e streaming. Novidades acerca dessa nova opção já começaram a surgir, como o fato dela ser limitada para os downloads offline, por exemplo.

Agora, parece que a empresa já está estabelecendo o preço da assinatura com anúncios. De acordo com a Bloomberg, esse valor será entre US$ 7 a US$ 9 por mês. Por lá seria praticamente a metade do valor atual para o plano mais em conta, que é de US$ 15,49.

Leia também:

Plano com anúncios da Netflix deverá ter limitações além do catálogo
Disney passa Netflix em número de assinantes e anuncia plano com anúncios

Anúncios serão exibidos antes e durante o programa

Netflix

O grande objetivo dessa nova jogada da Netflix é atrair um novo público. Nesse caso, aqueles que não querem pagar muito pela assinatura do serviço contanto que assistam algumas propagandas durante o uso da plataforma. Embora notícias sobre as limitações dessa nova assinatura sugiram que ela não contará com todo o catálogo “original” da Netflix, por enquanto isso ainda não é concreto.

A verdade é que a empresa parece estar trabalhando para encontrar um equilíbrio entre oferecer uma opção para aquele consumidor que não tem condições ou não prioriza seu dinheiro com serviço de streaming, e ao mesmo tempo garantir uma experiência agradável. Até porque se ela for mesmo tão agradável, é possível que alguns desses consumidores sejam convencidos a optar pelos outros planos posteriormente.

Segundo eles, o que a Netflix pretende é exibir cerca de 4 minutos de propagandas e anúncios para cada hora de consumo do conteúdo na plataforma, um tempo que não é abusivo e chega a ser até razoável. Esses anúncios poderão ser exibidos antes de começar um conteúdo e durante esse conteúdo, mas nunca depois que ele já acabou.

Fontes que não quiseram ser identificadas ainda afirmaram que a empresa já está avisando aos anunciantes que quer fazer negócios menores de forma antecipada, assim não vai prometer demais e acabar sobrecarregando os assinantes.

O novo serviço com anúncios já deverá ser lançado ainda esse ano. O que se espera é que ele já esteja disponível para pelo menos 6 países até o final do ano, mais precisamente entre os 3 últimos meses do ano. Já o lançamento completo só acontecerá no próximo ano, provavelmente no começo.

Os novos detalhes sobre a novidade ainda estão vindo aos poucos e nem tudo é confirmado, já que a Netflix trabalha em seus planos e se reúne com os parceiros de negócios. Ou seja, daqui para lá muita coisa inda pode mudar e alguns desses detalhes podem se tornar errôneos.

Netflix se esforça para continuar no topo

Netflix

A Netflix é, e vem sendo há muito tempo, um divisor de águas entre a época de programas de TV e os serviços de streaming. Ela já existe há algum tempo no mercado, trazendo uma nova forma de consumir filmes, programas e séries. O fato de dar a liberdade para que o usuário possa escolher o que quer ver na hora que quiser, pausando, voltando e tendo total controle, é um ponto positivo e um dos pontos altos desse tipo de serviço.

Também é muito fácil assinar um dos planos ou cancelar a assinatura caso não se interesse, além de revelar um catálogo cheio de sucessos e muitas opções.

Porém, apesar de ter pavimentado esse caminho, a Netflix já não é a única no mercado a oferecer isso. A competição com os outros serviços de streaming, que na maioria das vezes oferecem um valor bem mais em conta, acabou fazendo com que o número de assinantes sofresse uma queda brusca no começo desse ano.

Inclusive, essa perda foi um dos motivos para que a empresa tenha começado a se mexer para trazer a novidade do plano mais barato com anúncios. Eles acreditam que essa opção tanto ajudará a trazer um novo tipo de cliente para o serviço (aqueles que não querem ou não podem pagar muito), quanto também poderá ser uma alternativa para ajudar a segurar por mais tempo aqueles clientes que estão pensando em cancelar a sua assinatura por causa do preço.

Novo serviço trará lucro para a Netflix

A consultoria de mídia Ampere Analytics já fez uma previsão de que o novo plano com anúncios da Netflix poderá render cerca de US$ 8,5 bilhões por ano globalmente para a empresa até 2027, incluindo tanto os valores das assinaturas quanto a venda de anúncios.

E para quem assiste TV ainda a cabo, acaba até mesmo sendo mais vantajoso. Isso porque na TV comum, é normal que se tenha de 10 a 20 minutos de anúncios e propagandas a cada hora, enquanto na Netflix esse número será de apenas 4 minutos. Mas, por outro lado, isso não será uma exclusividade da plataforma. Outros serviços de streaming com anúncios como o Hulu, também contam com uma duração de propagandas menor do que a da TV a cabo.

Porém, ela espera ter um ponto de destaque nesse sentido. Enquanto muitos espectadores do Hulu reclamam das propagandas repetidas a todo momento, a Netflix planeja que isso não aconteça em sua plataforma. Para isso, ela vai deixar de lado a segmentação para adaptar os anúncios para cada assinante, ou seja, a maioria das pessoas verão os mesmos anúncios. E eles não vão se repetir muitas vezes.

Essa parte ficará a cargo da Microsoft Corp, que será a responsável exclusiva da tecnologia de publicidade e parceria de vendas da Netflix. Embora ela não tenha muita experiência em termos de streaming de TV, conta com um negócio de publicidade de US$ 10 bilhões só nos últimos anos.

Eles já estão se movendo quanto a isso. A Netflix fica encarregada de conversar com produtores de filmes e de TV e a Microsoft já cuida das agências de publicidade e provedores de tecnologia.

Fonte: bloomberg

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X