Como jogar com o controle DualSense no PC

Como jogar com o controle DualSense no PC

Com a nona geração dos consoles, capitaneados pelo PlayStation 5 e Xbox Series X, fomos apresentados a uma novidade em termos de controle. Enquanto a Microsoft apenas aplicou um refinamento no já excelente controle que fez sua estreia com a geração passada, a Sony foi mais ousada. Esqueça o saudoso Dual Shock, com o PS5 a vez é de uma uma linha completamente nova. Batizado de DualSense, o controle do PS5 aposta de vez na experiência sensorial,  introduzindo, entre outras coisas, os gatilhos adaptáveis.

Além do PlayStation 5, plataforma para qual o Dual Sense foi projetado, é possível desfrutar do novo controle em outros “mundos”. Você pode jogar com o DualSense em smartphones e tablets, graças a compatibilidade com Bluetooth, assim como no PC. É sobre esse segundo cenário de uso que falaremos neste tutorial. Você vai aprender o passo a passo para jogar com o DualSense no computador.

DualSense

Infelizmente o DualSense ainda não conta com drivers oficiais para o Windows ou qualquer outro sistema operacional para computadores, mas, felizmente, a Steam, maior plataforma de compra de jogos em mídia digital, já incluiu o suporte ao novo controle da Sony. Esse suporte começou a ser liberado a partir do dia 12 de novembro, numa atualização para o cliente Beta do software da Steam. E agora o panorama de suporte foi expandido. A Steam liberou o suporte ao DualSense na versão regular do software.

O suporte ao DualSense inclui a barra de luz do controle, trackpad, rumble e giroscópio. O feedback tátil e gatilhos adaptáveis não é mencionado pela Steam. Aparentemente, o Steam não suporta isso, o que faz todo o sentido, os jogos precisam oferecer esses recursos integrados. Atualmente não há jogos de PS5 para PC ou Steam e, portanto, não há suporte para os recursos especiais que o DualSense oferece.

Como conectar o DualSense no PC?

Vamos iniciar o processo com a conexão do DualSense no PC. Há duas formas de você realizar isso. Via cabo ou por Bluetooth. Por cabo, você precisará de um cabo USB-C/USB-C ou USB-C/USB-A. Tudo depende da variedade de portas que a placa-mãe do seu computador oferece. No geral, as portas tradicionais, USB Tipo-A, são as mais comuns, então, o cabo mais usual para a conexão é o USB-C para USB-A.

Lembrando que para aqueles que compraram o PlayStation 5 um cabo USB já acompanha o DualSense (para o carregamento da bateria). Para quem comprou o DualSense de maneira individual precisará arrumar esse cabo de outra forma, já que junto com o controle não vem nenhum cabo.

Dual Sense

A segunda forma de conexão do DualSense com o PC é via Bluetooth. Caso você esteja fazendo o processo em um notebook, é bem provável que sua máquina já conte com um adaptador integrado para realizar essa comunicação. No caso do desktop, isso varia. Algumas placas-mãe oferecem de maneira nativa o suporte ao Bluetooh. Se esse não for o seu caso, você precisará comprar um adaptador Bluetooth.

Via Bluetooth, você também precisa seguir outro procedimento para que o pareamento aconteça. Pressionar o botão do logo do PlayStation juntamente com o botão “Create”, localizado ao lado da área do direcional. Mantenha os dois botões pressionados por alguns segundos. Automaticamente a barra de luz do controle começara a piscar na cor azul, indicando que ele está pronto para ser pareado com o PC.

Agora basta que você vá no Windows, escreva Bluetooth no campo de busca do sistema e clique na opção “Bluetooth e outras configurações de dispositivos”. Na nova tela que foi aberta, clique em “Adicionar Bluetooth ou outro dispositivo” e em seguida “Bluetooth”. O Windows reconhecerá o DualSense como Wireless Controller. Realize a conexão para concluir o processo.

DualSense na Steam

Pronto, agora que o DualSense foi devidamente conectado ao PC, vamos passar para a Steam. Todo o processo agora ocorre diretamente no software da Steam que serve, entre outras coisas, para você gerenciar os jogos que fazem parte da sua biblioteca. Primeiramente vamos checar se o software da Steam está atualizado. Para isso, abra o software, clique na palavra Steam na parte superior da tela do programa e em seguida na opção “verificar atualizações do cliente Steam”

Agora passar para a área da Steam relacionada ao suporte dos controles. Para isso, clique novamente na palavra Steam no canto superior direto da tela, em seguida acesse a opção configurações. No canto esquerdo da janela configurações clique em controle. Siga o processo clicando em “configuração do Big Picture”. Você será direcionado automaticamente para o modo Big Picture da Steam, pensado para entregar uma usabilidade mais intuitiva ao utilizar a Steam em TVs e em conjunto com controles. Lembrando que se o modo Big Picture só poderá ser acessado se o controle estiver previamente conectado ao PC.

Com o DualSense devidamente conectado ao PC, e a inicialização do modo Big Picture, a Steam irá exibir uma tela para que você configure os botões do controle. Basta clicar em alguma das funções mapeadas do controle e altear, caso considere útil a mudança.

Também é possível personalizar os comandos especificamente para algum jogo que você queira, ao invés de aplicar mudanças que impactam o controle de forma geral. Nas configurações do DualSense na Steam você também pode alterar a cor da barra de iluminação do controle. Para esse ajuste mais cosméticos, feche a janela de configurações dos botões, e agora clique em “Configurações Gerais”.

Na janela que foi aberta, repare que na parte inferior o DualSense aparece como o controle detectado pela Steam. Caso você clique no botão “Identificar” vai perceber que o controle vibra para confirmar a que o joystick esta devidamente integrado ao PC. Mas para alterar a cor da barra de luz do controle precisamos clicar em outra opção, preferências.

Agora você consegue ajustar o nome para o controle e logo abaixo tem o controle deslizante para a seleção da cor da barra de luz do DualSense.

DualSense

Dual Sense

O PlayStation 5 tem dois pontos principais que a Sony reforça em relação à sensação de imersão para o jogador. Esses pontos são: áudio 3D, via tecnologia Tempest 3D AudioTech, e um novo controle, o DualSense. Este controle veio para romper com tudo o que a família PlayStation entregara em termos de imersão para o gamer.

Ao invés de trabalhar com uma vibração mais padronizada, por muitas vezes linear, o que o DualSense faz é apostar no feedback háptico e os gatilhos adaptáveis nos botões L2 e R2.  Essas tecnologias proporcionam ao jogador uma interação mais real com o que está sendo reproduzido em tela. Por exemplo, o feedback tátil que uma pessoa tem ao tentar disparar com uma arma de grosso calibre é simulado agora numa situação in game, com o gatilho ficando mais “pesado”.

O design também representa uma mudança significativa em relação ao controle do PS4, o DualShock 4, seguindo uma linha mais moderna, assim como o próprio design do PlayStation 5, que divide opiniões. É interessante também destacar o apreço da Sony aos detalhes no DualSense. Na parte traseira das hastes que repousam a mão do jogador, há uma textura.

Essa camada texturizada, que também está presente no novo controle do Xbox Series S/X, melhora consideravelmente a pegada. O grande detalhe dessa textura é que ela é formada por diversos triângulos, círculos, xis e quadrados. Símbolos que também são os botões de interação do controle. Belo toque de design.

Diferentemente do DualShock 4, o DualSense não conta com o botão “Share”. Com a nova geração, a Sony resolveu expandir isso. Dando lugar para um novo botão, batizado de Create. A função resgata o que era visto com o “Share”, mas potencializa essa ação de criar conteúdo. É através do botão “Create” que os jogadores conseguem no PS5 tirar prints da tela, capturar gameplays – inclusive realizando algumas edições básicas – , e até iniciar uma transmissão. Em relação a captura de vídeo, o PlayStation 5 consegue gravar até 60 minutos na resolução 4K.

Outra mudança importante em relação ao DualShock 4 é que micro-USB morreu de vez. A conexão utilizada para a conexão do DualSense ao PS5 ao PC ou apenas para carregar a bateria é USB Tipo-C.  O DualSense também conta com um microfone embutido e entrada para um headset 3,5 mm.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X