Ousadia brasileira: Youtuber dobra VRAM da GeForce RTX 3070 e aprimora desempenho

Ousadia brasileira: Youtuber dobra VRAM da GeForce RTX 3070 e aprimora desempenho

A demanda por mais memória de vídeo em jogos de ponta tem aumentado constantemente. E isso pode levar a um declínio no desempenho de GPUs mais antigas ou com VRAM insuficiente. De olho nessa questão, o youtuber brasileiro Paulo Gomes compartilhou um vídeo em que conseguiu dobrar a capacidade de memória da GeForce RTX 3070 (8 GB).

Leia também
GeForce RTX 3060 destrona GTX 1650 como a placa de vídeo mais popular na Steam
NVDIA lança RTX 4070; confira o preço no Brasil

Primeira RTX 3070 com 16 GB de memória 

Os especialistas demonstraram uma modificação cuidadosa, que consistiu em substituir os módulos de memória GDDR6 de 1 GB da GeForce RTX 3070 e ajustar os componentes de tensão elétrica do circuito. Essa alteração permitiu que a placa de vídeo reconhecesse os novos módulos de memória, elevando sua capacidade para 16 GB.

No início do vídeo, é evidente que a taxa de quadros por segundo diminui assim que a memória da GPU atinge seu limite. Nos testes iniciais, a GeForce RTX 3070 mostrou desempenho mais baixo do que a GeForce RTX 3060, que é uma placa mais barata e com uma GPU menos potente. Porém ela tem mais memória. Tudo isso levou a crer que o problema de desempenho era realmente um gargalo de memória.

Ao analisar o desempenho da GPU em testes com o jogo Resident Evil 4, fica claro que a estabilidade do FPS melhorou significativamente na resolução de 2.560 x 1.080 pixels após a modificação.

RTX 3070 funcionou normalmente depois do “upgrade”

Outro aspecto notável é o consumo de memória da GPU após a modificação. No primeiro teste, o jogo facilmente atingia o limite de 8 GB. Após o upgrade para 16 GB, o mesmo jogo passou a consumir cerca de 12 GB. Prova cabal de que a queda de FPS era causada por um gargalo de memória.

Curiosamente, o modder não precisou fazer nenhuma alteração na BIOS do computador. Houve um bug que fazia a imagem “piscar” na tela, mas este problema foi resolvido rapidamente. Foi só ajustar as configurações de gerenciamento de energia no driver da NVIDIA, mudando de “Normal” para “Preferência por desempenho máximo”.

Embora a modularidade e facilidade de reparo não sejam características comuns nas GPUs disponíveis no mercado, os engenheiros de hardware ocasionalmente realizam modificações complexas nos circuitos desses componentes para explorar configurações alternativas que possam otimizar o desempenho.

Abaixo você pode conferir o vídeo completo. Achei bem interessante quão minucioso e detalhista é o processo para substituir os chips de memória.

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X