Steam Deck: nova atualização traz suporte a Ray Tracing para experiência ainda mais realista

Steam Deck: nova atualização traz suporte a Ray Tracing para experiência ainda mais realista

O Steam Deck é a plataforma portátil da Valve que te permite curtir jogos da Steam em qualquer lugar, e desde o seu lançamento ele vem ganhando cada vez mais os holofotes. A novidade dessa vez é que a empresa já está prestes a liberar uma atualização para todos que traz o suporte para o ray tracing no dispositivo.

Atualmente é possível conseguir esse suporte, mas é preciso ter algum conhecimento para conseguir configurar por fora, só que a Valve trará o recurso de forma nativa e com mais facilidade. E como atualmente o seu preço está parecendo bem vantajoso, principalmente quando comparado ao preço de algumas placas de vídeo, a novidade se torna ainda mais interessante.

Leia também:

Mais de 5 mil jogos são verificados ou jogáveis no Steam Deck
Valve revela que irá aumentar a produção do Steam Deck

Ray Tracing chega no Steam Deck no jogo Doom Eternal

Steam Deck

A Valve anunciou a novidade com a liberação da atualização para o Steam Deck OS beta, que é a versão do sistema para testes. A prévia do SteamOS 3.4.6 já começou a ser distribuída de forma oficial pela empresa, contando com uma atualização do driver gráfico para a versão Mesa 23.1, que além de melhorar o desempenho, ainda garante a compatibilidade.

Por enquanto o jogo que chega para testar e estrear a novidade é o Doom Eternal. A atualização também traz algumas correções para o jogo Wo Long: Fallen Dynasty, que estava tendo problemas de corrupção de arquivos, além de evitar crashes em jogos que ainda serão lançados.

Pierre-Loup Griffais, desenvolvedor do Steam Deck, postou no Twitter a novidade e também algumas capturas de tela para provar o desempenho do Doom Eternal com o ray tracing ligado. Ele revelou que o jogo mantém um desempenho bem estável na média de 35 quadros por segundos (FPS), sem demonstrar problemas de stutter ou mudança na performance. O que é bem impressionante quando se leva em conta que o aparelho tem uma APU de 15 W.

Pierre também revelou que as melhorias da atualização também farão com que os demais jogos rodem de forma mais estável no aparelho portátil. Segundo ele, a Valve já está trabalhando para fazer com que a API Vulkan e a DXR (DirectX Raytracing) possam lidar melhor com efeitos de iluminação mais avançados.

Porém isso não é algo que será visto por agora, já que o processo ainda está em andamento. Isso porque é algo um pouco mais complicado quando é relacionado ao DXR, e exige o uso da camada de compatibilidade Proton. E ainda assim, quando ele finalmente chegar ao público, o que se espera é que essa melhoria venha com alguns sacrifícios, como de resolução. Ou seja, o jogador deverá escolher entre maior desempenho ou qualidade visual.

Fonte: pcgamer

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X