Exagerado! YouTube testa exibir 10 anúncios antes dos vídeos

Exagerado! YouTube testa exibir 10 anúncios antes dos vídeos

Parece que o YouTube está sem limites quando o assunto é veiculação de anúncios em vídeos. Ainda nesta semana nós publicamos por aqui uma notícia de que a plataforma está testando exibir 5 anúncios antes de cada vídeo. Pois é, mas ao que parece, o YouTube achou pouco e expandiu o teste para 10 anúncios! E o pior: sem a possibilidade de pular as propagandas!

Leia também

06 curiosidades sobre o YouTube
Qual foi o primeiro vídeo postado no YouTube?

Reclamações se espalham em fóruns e redes sociais

O formato de anúncios exibido é chamado de bumper ads. São vídeos de até 6 segundos e que, de fato, não podem ser pulados de maneira nenhuma. Com a exibição de 5 bumper ads, o usuário acaba perdendo 30 segundos da sua vida assistindo anúncios.

Com o novo teste realizado pelo YouTube, a quantidade de bumper ads dobrou! São 10 propagandas em sequência, totalizando 60 segundos de peças publicitárias que ninguém se importa muito.

Novamente, os primeiros relatos apareceram no Reddit. Um usuário da Dinamarca postou um vídeo mostrando a sua TV exibindo a sequência de 10 propagandas. O vídeo foi postado em julho. Isso significa que os testes não são recentes. Na mesma thread outros usuários relataram experiências semelhantes. Um deles comentou:

Peguei dez [propagandas]no meu Roku. Cinco minutos de vídeo depois, peguei mais nove”. Isso foi em um vídeo de 30 minutos. Ou seja, quanto maior a duração do vídeo, mais anúncios você verá.

Em outro tópico aberto no Reddit, a mesma reclamação. Desta vez, o usuário teve que assistir 10 propagandas antes de começar o vídeo. E, no meio do conteúdo, teve que assistir mais 7 anúncios. É possível encontrar queixas semelhantes também no Twitter. Um dos usuários postou uma foto com a quantidade de anúncios exibidos:

YouTube diz que o teste já foi encerrado

O perfil do Twitter @TeamYoutube se pronunciou sobre as reclamações. No tweet, a empresa lamenta que alguns usuários não gostaram da experiência. Daí a companhia sugere que os usuários enviem feedback e personalizem as propagandas para garantir uma experiência melhor das próximas vezes.

Além disso, na última quinta-feira (15), ao site PCMag, um porta-voz do YouTube falou o seguinte:

Realizamos um pequeno experimento global que veiculou vários anúncios em um pod publicitário quando os espectadores assistiam a vídeos mais longos pela televisão”.

lives do YouTube

Ou seja, isso revela que o teste foi veiculado apenas na televisão, não afetando os vídeos exibidos no smartphone ou computadores. A justificativa da empresa para a enxurrada de anúncios é “criar uma experiência melhor para os espectadores, reduzindo os intervalos comerciais”.

Até que faz sentido, já que é menos incômodo assistir aos anúncios antes do vídeo começar do que ser interrompido por eles. Mas creio que 10 seja um número exagerado. Os anunciantes que ficam no fim da fila praticamente não vão contar com a atenção do espectador, fazendo o investimento em marketing perder o sentido.

O porta-voz também falou que esses eventos foram apenas um “pequeno experimento”. Experimento já encerrado, por sinal. O YouTube não revelou se pretende aumentar a quantidade de anúncios exibidos antes dos vídeos.

Ao que parece, assinar o YouTube Premium será cada vez mais uma questão de necessidade do que de luxo. Atualmente, o valor da mensalidade é R$ 20,90.

Fontes: 9to5Google e PCMag

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X