TikTok está testando novo feed com conteúdos locais

TikTok está testando novo feed com conteúdos locais

O TikTok está testando um novo estilo de feed que dará preferência a conteúdos regionais, ou seja, aqueles produzidos perto de cada usuário. O nome dado para o novo feed é Nearby, que significa “perto” em português.

Ela não vai substituir o atual estilo de feed “Para Você”, e sim chegar como uma opção a mais para quem quiser assistir a conteúdo mais próximo e descobrir criadores locais. Com isso, será a terceira opção de estilo de feed da plataforma, contando com o “Seguindo”, onde só aparecem postagens de contas seguidas.

Leia também:

Facebook mudou seu feed para ficar semelhante ao TikTok
Instagram: em breve você poderá cobrar para as pessoas verem suas fotos de feed e Reels

Novo feed pode ajudar criadores locais

Por enquanto parece que poucas pessoas contam com a novidade para testes, mas ela foi revelada pelo consultor Matt Navarra, que é um especialista quando o assunto é mídia social. Ele não revelou nenhuma imagem de como o novo feed aparece, porém falou um pouco sobre como será.

Segundo ele, o novo estilo de feed aparecerá logo na guia de Início do TikTok, do lado das opções já existentes de “Para Você” e “Seguindo”. Para ter acesso ao Nearby, será preciso conceder acesso a localização do aparelho, claro, para que ele possa apresentar conteúdos regionais. Isso pode ser um problema para algumas pessoas.

TikTok

A ideia do novo feed é ajudar com que os usuários conheçam mais sobre os criadores de conteúdo próximos, conectando-os, e, principalmente como fonte de busca para eventos locais ou até mesmo comércio perto da sua casa ou trabalho.

Claro que a publicidade direcionada também terá um grande papel nessa ideia. Com os usuário vendo conteúdos locais, ficará mais fácil entregar anúncios que sejam focados em uma cidade, por exemplo, ou até mesmo um estado. E isso não será restrito a grandes empresas, já que um perfil de um comerciante local poderá comprar um espaço nesses anúncios para que sua propaganda chegue a pessoas por perto.

Isso também acaba sendo bom para os usuários, que podem visitar perfis e conferir lojas e locais por perto quando estiver precisando de um produto ou serviço.

De acordo com o TechCrunch, o TikTok já confirmou que atualmente está testando a novidade, porém por enquanto esse teste ainda é restrito para um pequeno grupo de usuários no Sudeste Asiático, já que a ByteDance, empresa mãe da plataforma, é da China.

Mas isso foi tudo o que disseram. Ou seja, ainda não há uma confirmação de que a novidade chegará para outras regiões e nem quando isso poderá acontecer.

TikTok expandindo seus horizontes

O novo feed não é apenas mais uma novidade de ferramentas na plataforma, e sim um passo que ela dá para ficar a frente de outras rivais do ramo, como é o caso do Instagram e do Snapchat. Ambos também já estão se aventurando em recursos parecidos, como por exemplo a possibilidade de revelar perfis nos mapas para que o usuário saiba quais estão perto dele, que é o que o Instagram pretende implementar.

Já o Snapchat já conta com um recurso já ativo há algum tempo, desde 2007, que permite que o usuário possa encontrar outro caso eles estejam nas proximidades.

Essa ideia do TikTok também pode ter surgido principalmente porque a rede social acabou se destacando por se tornar uma ferramenta de busca de lugares próximos. Tanto que hoje em dia muitos influenciadores estão focados nesse tipo de conteúdo onde eles vão a um local como bar, restaurante, lojas, entre outros, e mostram alguns detalhes no intuito de incentivar os seguidores a ir pra lá também, dando dicas e recomendações.

Isso, inclusive, está até mesmo ameaçando o reinado do Google Maps, já que a nova geração está mais voltada para o consumo de vídeos curtos com recomendações de locais do que simplesmente procurar em um aplicativo de mapas.

Por fim, a novidade também poderá dar uma chance a novos comerciantes, já que eles poderão ter seu conteúdo entregue para pessoas de uma mesma região, atraindo clientes, sem precisar investir rios de dinheiro em propagandas e publicidade.

Fonte: techcrunch

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X