blank blank

Acordo entre Google e Twitter vence: página do Google Realtime Search é retirada do ar

A pesquisa do Google em tempo real (https://www.google.com/realtime) está fora do ar há alguns dias, retornando uma simples página de erro 404 e nenhuma explicação. O pessoal da Search Engine Land conseguiu uma resposta: o acordo entre o Google e o Twitter venceu no dia 2.

O serviço ganhou uma grande divulgação no ano passado. Ele facilitava encontrar informações fresquinhas, normalmente vindas do Twitter, mas não só desta rede. Segundo o Search Engine Land, a resposta do Google foi:

Desde outubro de 2009 temos um acordo com o Twitter para incluir as atualizações dele nos nossos resultados de pesquisa por meio de um feed especial, e esse acordo expirou em 2 de julho.

Enquanto não tivermos acesso a esse feed especial do Twitter, as informações no Twitter que estiverem disponíveis publicamente aos nossos crawlers continuarão sendo pesquisáveis e descobertas no Google.

O Realtime Search deverá voltar um dia com informações de várias fontes, incluindo é claro do Google+. Em abril esse serviço já tinha resultados de várias fontes, não ficando dependente só do Twitter: Google News e busca de blogs, FriendFeed, Jaiku, Identi.ca, Buzz, MySpace, páginas de fãs no Facebook, Quora, Gowalla, Plixi, Me2day, entre outros menos conhecidos. A retirada completa da página por causa de um único contrato vencido espantou muita gente.

O grupo não consegue esconder a decepção que foi o Buzz (sem falar no Wave), resta ver se o Google+ realmente dará certo como parece.

Aparentemente tanto o Google como o Twitter continuam abertos para parcerias futuras. Também em resposta ao Search Engine Land, o Twitter afirmou que continua fornecendo resultados da busca para empresas como Microsoft, Yahoo, NTT Docomo, Yahoo Japão, entre outros, e que trabalham com o Google de várias outras formas.

Ah, ontem o perfil do @googlerealtime (oficial, segundo o selo do Twitter) divulgou que a página foi retirada do ar temporariamente, confirmando o suporte ao Google+ para o futuro.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

blank