Mais um estudo: 3D TV sofre resistência e baixa adoção dos consumidores

Mais um estudo: 3D TV sofre resistência e baixa adoção dos consumidores

Apesar das frequentes tentativas de empurrar ao consumidor as 3D TVs, os fabricantes de eletrônicos mais uma vez receberam a comprovação de que não estão tento uma aprovação dos usuários, segundo os dados da DisplaySearch, a mesma que pesquisou sobre o laptops 3D mês passado. Apenas 3,2 milhões de TVs foram vendidas neste ano, ou somente 2% de todas as TVs de tela plana terão até o final desse ano a tecnologia 3D integrada.

Além disso, a taxa de anexação dos óculos especiais para tais TVs é de menos de um para uma TV, sugerindo que a maioria dos compradores não possuem intenção de usar o recurso 3D e são simplesmente forçados a usarem para usufruir de outros recursos que eles realmente querem. Segundo Paul Gray, o líder da pesquisa, um nível saudável seria pelo menos dois pares de óculos 3D para cada TV, e essa taxa baixa mostra que os consumidores não estão conseguindo comprar uma TV ‘top’ de linha sem o 3D.

Os pesquisadores esperam que o 3D se torne um recurso popular em 2014, quando 90 milhões de 3D TVs serão vendidas no mundo, devido principalmente às quedas nos preços. Há ainda um efeito causa e consequência, ou “ovo e galinha”: os espectadores tem pouco conteúdo para assistir, e com isso tem pouco incentivo a pagar mais um uma característica que não vão usar. No caso, efeito contrário também acontece.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário