Em indireta a Elon Musk, Lula diz que bilionários constroem foguetes para fugir de trabalhadores

Em indireta a Elon Musk, Lula diz que bilionários constroem foguetes para fugir de trabalhadores

Além de seu posicionamento sobre a Inteligência Artificial, na defesa que países do hemisfério sul precisam desenvolver uma IA para poder competir com os países mais ricos, nesta terça-feira (13), durante discurso na conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra, na Suíça, o presidente Lula deu uma alfinetada em bilionários, como Elon Musk, que entendem como favorável a colonização de outro planeta, mais especificamente Marte.

Foguetes para escapar de trabalhadores

“A concentração de renda é tão absurda que alguns indivíduos possuem seus próprios programas espaciais. Certamente, tentando encontrar um planeta melhor do que a terra para não ficar no meio dos trabalhadores que são responsáveis pelas riquezas deles. Não precisamos buscar soluções em Marte. É a Terra que precisa do nosso cuidado”, afirmou Lula.

A corrida de mercado pela exploração espacial

Embora não tenha citado nominalmente o empresário sul-africano, Elon Musk é uma das personalidades que mais mencionam a importância de olhar Marte como um ponto de apoio para a humanidade. E ele não está sozinho neste tipo de discurso.

Em 2016, durante uma entrevista a BBC, o físico Stephen Hawking afirmou que os humanos precisariam deixar a Terra em 100 anos se quisessem sobreviver.

“Apesar de serem muito pequenas as chances de um desastre natural destruir o planeta Terra em um determinado ano, é preciso destacar que essas chances têm aumentado com o passar do tempo e vão acabar se tornando uma certeza para os próximos mil a 10 mil anos. Por isso, já deveríamos estar espalhados por todo o espaço e outras estrelas, para que um desastre na Terra não signifique o fim da raça humana“, afirmou o físico na época.

Os planos da SpaceX, empresa de Elon Musk, é possibilitar que uma civilização humana possa ser estabelecida em Marte dentro de 30 anos. Dentre os desafios, a questão financeira ainda é o ponto central: “Hoje, você não conseguiria voar até Marte nem por US$ 1 trilhão, então temos que superar isso”, afirmou o empresário em 2022, durante uma entrevista ao podcast de Lex Friedman.

Além de Musk, outros bilionários estão interessados numa corrida nova espacial Jeff Bezos, dono da Amazon, e Richard Branson, fundador do Grupo Virgin, também já contam com sua empresa neste setor, a Blue Origin e a Virgin Galactic.

Como relembrou a BBC em 2021, na década de 80, Jeff Bezos participava de seminários do físico Gerard O’Neill, na Universidade de Princeton, EUA, e, já naquela época, aspirava ser um empreendedor espacial. Bezos chegou a afirmar ao jornal do seu colégio que a “Terra é finita”, e que se a economia e a população mundial continuassem se expandindo, o espaço é a única saída.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X