ASUS ROG Ally: confira todos os detalhes confirmados do console portátil

ASUS ROG Ally: confira todos os detalhes confirmados do console portátil

A ASUS finalmente divulgou oficialmente vários detalhes sobre o seu novo console portátil, o ROG Ally, que já estava sendo alvo de muitos rumores há alguns dias. O aparelho chega como concorrente para outros do segmento como o Steam Deck e agora já tem alguns aspectos revelados e até mesmo uma data de lançamento.

E está bem pertinho! A empresa espera lançar o ROG Ally já no mês que vem, e o console chegará rodando o Windows 11, incluindo uma versão dedicada do app de gerenciamento da ASUS. Ele também promete um sistema de som de qualidade e vem com os chips Ryzen Z1, o que pode explicar o preço mais em conta do aparelho.

Leia também:

Asus ROG Strix G16: um monstro dos games disponível no Brasil – mas prepare o bolso
ASUS oficializa ROG Ally, alternativa ao Steam Deck

Console portátil da ASUS tem tela de 7 polegadas

A empresa revelou de forma oficial alguns detalhes do ROG Ally nesta terça-feira (25), o que acabou confirmando alguns rumores e também trazendo novas informações, como já era esperado.

Em relação ao visual do console, a ASUS disse que se baseou no design do Xbox por eles acharem mais ergonômico e também para trazer aquela sensação de familiaridade aos usuários. O console conta com curvaturas que visam tornar a pegada mais firma e mais confortável, tanto garantindo mais encaixe quanto uma maior área de descanso para as mãos.

O ROG Ally tem construção em plástico texturizado que além de trazer beleza, também impede escorregões ou até marcas de dedos. Ele terá de fato o peso de 608 gramas, o que apesar de não ser algo exatamente leve, acaba ganhando do principal adversário nesse quesito já que o Steam Deck pesa 669 gramas. Para conseguir a façanha, a ASUS explica que precisou fazer alguns ajustes como diminuir a espessura das aletas de alumínio que são usadas no heat sink e também da carcaça.

Em relação a tela, ele chega com um display IPS LCD de 7 polegadas. De acordo com a empresa, o uso do IPS acontece porque não existem modelos de painel OLED com esse tamanho disponíveis para fabricação em massa atualmente. A tela tem ainda proporção de 16:9.

Um ponto interessante principalmente para rodar jogos, é que ela vem com taxa de atualização de 120 Hz, o que garante uma gameplay mais fluida. Além disso, o tempo de resposta é de 7 ms.

Já para melhorar a qualidade das imagens, o aparelho conta com brilho de 500 nits e 100% de cobertura da gama de cores sRGB. Para finalizar, há ainda a proteção que fica por conta do Gorilla Glass Victus e também o Gorilla Glass DXC, um acabamento que evita ainda reflexos na tela e marcas de dedo.

ROG Ally conta com chip customizado

Falando um pouco sobre o conjunto de processamento, a ASUS confirmou que o ROG Ally contará com um chip personalizado da AMD, nesse caso será o Ryzen Z1, que faz parte da família que conta ainda com o modelo padrão e o Extreme.

A empresa não falou muito sobre as especificações do chip, provavelmente porque ele é um modelo mais acessível e não tem muitos pontos de destaque nesse quesito. Tudo o que se sabe até o momento é que ele tem uma CPU com núcleos Zen 4, GPU RDNA 3 e litografia de 4 nm com memória RAM LPDDR5 de 16 GB.

Porém, é possível saber um pouco mais olhando os dados do Geekbench 6, que mostram que o Z1 Extreme seria o modelo mais robusto, claro, e ofereceria 8 núcleos e 16 threads com uma GPU de 12 Unidades Computacionais (Cus). Isso faz com que ele tenha uma performance próxima a Radeon 780M do Ryzen 7 7840U que estará presente no GPD Win Mini, um de seus concorrentes.

ROG Ally

Já em relação ao modelo padrão, ele conta com 6 núcleos e 12 threads e GPU com 4 Cus, ou seja, 4 vezes menor do que o Extreme. Mas é preciso de fato esperar o ROG Ally ser lançado para ter uma noção exata dessas capacidades já que os testes são mais teóricos do que práticos.

Sobre o armazenamento, o ROG Ally conta com um SSD M.2 NVMe PCIe 4.0 de 512 GB que, no formato 2230 (ou seja, de 22 x 30 mm), poderia chegar a 4,5 GB/s. O aparelho tem compatibilidade para que o usuário troque por um SSD de maior capacidade. Ele também tem suporte para o uso de cartão micro SD, com taxas de leituras que chegam a até 312 MB/s.

A ASUS também destacou o sistema de resfriamento do novo ROG Ally, que foi inspirado no modelo encontrado no ROG Flow Z13, o tablet gamer da empresa. Com isso, ele promete que o sistema é resistente a gravidade, mostrando eficiência mesmo que o usuário esteja usando o aparelho deitado, e ainda conta com filtros para impedir a entrada de poeira. Em termos de ventilação, ele oferece 2 ventoinhas, uma melhoria em relação aos concorrentes que só contam com uma.

ROG Ally

Outro ponto de destaque é que o console portátil da ASUS vem rodando o Windows 11, o que facilita o uso pela familiaridade além de já garantir a acesso a diversas plataformas como a própria Steam, a Epic Games Store, GOG.com e outras. Além disso, ele também traz a possibilidade de adicionar segurança com leitor de digitais.

Ele vem também com uma versão exclusiva do Armoury Crate, o programa de gerenciamento de recursos da linha ROG. Essa versão ajuda a organizar todos os jogos do usuário em um lugar, além de oferecer opções de ajuste de motores de vibração e também da dead zone dos analógicos e gatilhos. Dá também para gerenciar perfis, energia e tem overlay com acesso rápido.

Em termos de conexão ele será compatível com o Wi-Fi 6E mas não com o 5G. De acordo com a empresa, isso acontece que as pessoas que jogam em consoles como esses usam internet Wi-Fi por causa da latência menor, e o foco do ROG Ally não será em streaming.

ROG Ally estará disponível no mês que vem

A ASUS já tinha avisado que seu console portátil seria disponibilizado antes do que muita gente esperava e realmente cumpriu a promessa. A empresa revelou que o ROG Ally será oficializado no próximo dia 11 de maio.

Até lá é provável que mais informações sejam confirmada e até mesmo vídeos de análises comecem a aparecer. A ASUS ainda não confirmou o preço, então ainda precisaremos esperar para saber se ele vai ficar mesmo no preço abaixo dos US$ 1.000.

E vale lembrar que é muito provável que o ROG Ally chegue por aqui, já que as redes sociais da empresa no Brasil já destacaram o produto.

Fonte: engadget, the verge

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X