Xiaomi e Lenovo lançam tablets com tela e-ink, o Note E-Ink e Yoga Paper E-Ink

Xiaomi e Lenovo lançam tablets com tela e-ink, o Note E-Ink e Yoga Paper E-Ink

As telas e-ink estão se tornando uma opção cada vez mais interessante para o mercado de tablets, principalmente para quem gosta de ler nos dispositivos já que é mais confortável, além de garantir ainda uma bateria com duração longa.

Isso é graças a um display mais fosco com iluminação integrada, que impede que haja fadiga ocular, e também que acaba gastando menos energia, com melhor gerenciamento da mesma. Duas marcas que acabam de apresentar suas soluções de tablets com tela e-ink foram a Xiaomi e a Lenovo. Conheça mais um pouco sobre cada um deles.

Leia também:

Xiaomi lança “caderno digital” com caneta inclusa e preço bastante acessível
Amazon lança novo Kindle 2022 (11ª geração) no Brasil

Note E-Ink da Xiaomi

e-ink

Depois do Kindle Scribe, a Xiaomi agora apresenta sua mais nova solução na categoria, o Note E-Ink. Ele é focado principalmente em quem quer um aparelho para escrita, e por isso conta com uma tela de 10,3 polegadas para tornar o ato mais agradável. A tinta eletrônica e-ink é a mesma já vista em aparelhos como por exemplo Kindle da Amazon.

Além de ser uma ótima solução para quem escreve muito no tablet, ela também é ideal para quem gosta de ler no aparelho, já que traz mais conforto aos olhos principalmente porque ao invés de emitir uma luz própria, ele reflete a luz ambiente. A textura da tela de vidro também ajuda a ter uma sensação mais parecida com a de escrever e ler em um papel e lápis.

Além disso, também garante horas e horas de leitura já que a bateria dura mais do que os tablets com telas LED. Ele tem uma bateria de 3.000 mAh e sua recarga vai até 18 watts. Segundo a empresa, ele dura por dias e só consome energia quando o aparelho está sendo usado.

O novo Note E-Ink da Xiaomi vem com o Android 11 de fábrica, porém a interface não e a MIUI. Ao invés disso, a empresa escolheu por uma interface mais simples e mais voltada para o uso do aparelho, já que é diferente do que nos smartphones, por exemplo.

Com ele, o usuário poderá escrever notas nos cadernos virtuais e também abrir livros e documentos para leitura, e para isso ele pode usar aplicativos como o próprio WPS Office Suite, que já vem instalado de fábrica.

O Note E-Ink vem com um processador quad-core, já que não precisa de muito poder de desempenho, dando conta do recado. Sua memória RAM é de 4 GB e a memória interna para armazenamento é de 64 GB. Ele também tem conector USB-C para recarga e também transferência de dados.

Vale lembrar que ele também já vem com a caneta stylus para uso na caixa. Porém, outros acessórios como capa para proteção da tela deverão ser comprados separadamente.

Por enquanto o aparelho é exclusivo da China, e só pode ser adquirido por lá. Atualmente ele está em pré-venda pelo valor de 2.699 yuans, que dá algo em torno de R$ 2.000 em conversão direta. Ainda não se sabe quando ele será lançado para o mercado internacional e nem em quais países ele poderá ser lançado no futuro, infelizmente.

Yoga Paper E-Ink da Lenovo

e-ink

Outra empresa que também apresentou um novo tablet com tela E-ink foi a Lenovo, com o seu mais novo Yoga Paper E-Ink. Assim como o da Xiaomi, ele também tem uma tela de 10.3 polegadas com tinta eletrônica que oferece mais conforto na hora de escrever e ler. Ele permite ainda o ajuste da temperatura de cor e o brilho é ajustado automaticamente a depender do ambiente ao redor e sua iluminação.

Sua textura lembra a de um papel e a tela é fosca, o que garante uma escrita mais segura, sem escorregar muito. Ele também é fino, com um corpo de 5,5 mm, o que facilita também na hora de segurá-lo mesmo com apenas uma mão.

A caneta já vem com o tablet e ela não precisa ser recarregada nem pareada com o aparelho. Tem uma latência de 23 ms e 4096 pontos de pressão. Ela tem ainda suporte para 9 tipos de estilo de escrita e o tablet conta com um compartimento próprio para armazená-la quando não estiver em uso.

Ele também tem suporte para leitura de livros online e até mesmo oferece aplicativos para procurar por esses livros, além de ser compatível com aplicativos de terceiros para leitura ou até mesmo para importação de ebooks em diversos formatos. Entre as funções durante a escrita e leitura estão a opção de marcar textos, seleção de texto, adicionar pontos de interrogação, acesso a dicionários, traduções, leitura em voz alta, entre outras.

Assim como o da Xiaomi, o Yoga Paper E-Ink da Lenovo também só foi lançado no mercado chinês até o momento. O preço do tablet será de 2.999 yuans, que é o equivalente a cerca de R$ 2.200. Porém quem comprar na pré-venda pagando 100 yuans adiantado, pagará apenas 2.699 yuans, ficando assim o mesmo preço do Note E-Ink.

Fonte: Gizmochina [1] [2]

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X