Instagram lança Central da Família para que os pais possam supervisionar os filhos na rede social

Instagram lança Central da Família para que os pais possam supervisionar os filhos na rede social

O Instagram anunciou que já está disponibilizando de forma global a ferramenta de supervisão para os pais na rede social, chamada de Central da Família. Ela permite que os responsáveis possam ter um controle maior sobre o que o adolescente faz na rede social e até mesmo definir um limite de tempo diário para usar o aplicativo.

A ferramenta já estava disponível nos Estados Unidos e agora chega para outros países, como o Brasil, trazendo mais uma forma de tentar garantir um uso mais saudável da plataforma para jovens.

Leia também:

Instagram é a rede social preferida dos jovens brasileiros, aponta pesquisa
Instagram anuncia melhoras para sinalização de “Não tenho interesse” em postagens

Central da Família permite controlar o tempo dos jovens na rede

Com a Central da Família, os pais, mães e responsáveis pelo adolescente poderão configurar algumas ferramentas que ajudam a supervisionar e controlar um pouco melhor a experiência dos jovens no Instagram.

“É importante que o adolescente tenha privacidade para explorar o mundo ao redor e sua identidade. Isso sempre foi algo importante para a gente. Não é para controlar, mas para orientar. Queremos que isso dispare conversas na família”

Entre essas ferramentas estão a possibilidade de ver quanto tempo os jovens passam na rede social por dia, limitar esse tempo e de definir horários específicos no dia ou na semana onde o aplicativo não poderá ser usado. Essa ferramenta é importante para impedir que os jovens acessem o Instagram quando estiverem na escola, por exemplo, ou até mesmo depois do horário de dormir ou de madrugada.

Instagram

Quando isso acontece, o adolescente recebe uma mensagem sobre o seu limite diário. Quando está faltando 10 minutos para acabar, o Instagram avisa. E quando o tempo for esgotado, o aplicativo é bloqueado.

A Central da Família também envia notificação para os pais quando o jovem denunciar alguma conta ou publicação, mostrando qual foi a publicação e o tipo de conteúdo que eles estão denunciando na rede. Também é possível ficar de olho em quais perfis o adolescente segue na plataforma.

Uma melhora da ferramenta é que agora são os próprios pais que enviam o convite para ativar a ferramenta de supervisão, já que antes só era possível enviar do aparelho do adolescente. Mas, mesmo depois de enviar o convite, ainda é preciso que o adolescente em questão aceite.

Mais controle para os jovens no Instagram

Segundo a plataforma, essa Central da Família é apenas “o primeiro passo de uma jornada de longo prazo para desenvolver ferramentas de supervisão intuitivas, com a ajuda de especialistas, adolescentes e pais”. Eles também anunciaram que, em breve, a ideia é que a Central da Família permita um controle sobre todos os produtos da Meta, não apenas o Instagram.

Além da opção de controle da rede social, a Central também oferece conteúdos interessantes para os pais e responsáveis na central de educação. Lá, eles poderão encontrar alguns recursos e artigos de especialistas como vídeos e dicas para ajudar a lidar com adolescentes, mostrando a forma correta de falar com eles sobre a internet e as redes sociais, por exemplo.

“Juntamente com os principais pesquisadores, organizações sem fins lucrativos e especialistas de confiança, estamos desenvolvendo recursos que oferecem aos pais mais suporte para orientar a experiência online dos filhos adolescentes.”

Os pais também terão acesso a tutoriais para aprender a mexer com a nova ferramenta, além de conhecer também outras ferramentas de supervisão que já estão disponíveis na plataforma hoje em dia.

Disponibilidade e como acessar

A ferramenta começou a ser disponibilizada ontem (15) e em breve deve chegar para todos, então mantenha o Instagram sempre atualizado. Para enviar o convite de supervisão basta abrir o aplicativo, acessar o menu localizado no canto superior direito, escolher Configurações > Supervisão > Criar convite e compartilhar o link com o adolescente. Ele tem 48 horas para aceitar.

Também é possível criar o convite a partir deste link.

Lembrando que a Meta já dispõe de outras ferramentas para tentar proteger os jovens na plataforma, como tornar todas as contas de menores de 16 anos privadas automaticamente, restringir algumas mensagens diretas e limitar os anúncios para menores de 18 anos.

Fonte: Meta

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X