Cuidado: Golpe do Auxílio Brasil, repassado por WhatsApp, promete R$ 2,500

Cuidado: Golpe do Auxílio Brasil, repassado por WhatsApp, promete R$ 2,500

A empresa de segurança PSafe identificou 17 sites utilizando indevidamente o nome do programa “Auxílio Brasil” para dar golpes. No período, já foram bloqueadas mais de 140 mil tentativas de golpes, o equivalente a mais de 20 mil por dia, mais de 833 por hora e 13 por minuto. Essas mensagens têm sido disseminadas majoritariamente via WhatsApp, mas também é possível que cheguem via SMS ou e-mail.

O golpe é um phishing, método bastante explorado pelos cibercriminosos, principalmente pelo alto poder de disseminação. Em alguns dos sites eles já incluem o botão compartilhar como condição para receber o falso benefício, que é para induzir a vítima a propagar o golpe mais facilmente.

Uma mensagem chega ao dispositivo da vítima dizendo que ela tem direito ao benefício do programa, prometendo inclusive valores até seis vezes maior que o valor real do benefício. Ou então a vítima recebe uma mensagem com um link para que consulte se possui direito ao benefício, bastando inserir alguns dados para fazer a falsa verificação.

Para induzir a vítima a cair, utilizam diversas táticas: as cores dos aplicativos oficiais, garantem transferência do dinheiro instantaneamente, via PIX, e exibem uma mensagem afirmando que a pessoa tem o valor de R$ 2.500,00 disponível para saque imediato, bastando informar o número da chave PIX, explica a PSafe em nota.

Os dados coletados neste golpe geralmente são utilizados posteriormente, então caso a pessoa tenha preenchido esse cadastro, é preciso ficar atento a qualquer movimentação estranha no dispositivo ou utilizando seu nome nos próximos meses.

“Um agravante no caso do phishing é que a pessoa pode não se dar conta no momento do golpe que foi uma vítima. Isso porque eles coletam os dados para serem utilizados posteriormente, então a pessoa pode demorar meses para saber e, mesmo assim, nem se lembrará que pode ter relação com um cadastro fraudulento”, destaca o executivo-chefe de Segurança da PSafe, Emilio Simoni.

Lembrando que um dos requisitos para ter acesso ao benefício é, obrigatoriamente, estar no Cadastro Único e este cadastro só pode ser realizado presencialmente. Portanto, na dúvida, consulte as informações nos canais oficiais e não compartilhe mensagens, pois mesmo que sem intenção, pode contribuir para que outras pessoas caiam no golpe.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário