Mulher ucraniana derruba drone russo com pote de tomates!

Mulher ucraniana derruba drone russo com pote de tomates!

Incrivelmente, uma mulher ucraniana, que reside na capital Kiev, conseguiu derrubar um drone russo jogando um pote de tomates no dispositivo!

É normal em tempos de guerra saírem notícias relatando atos inspiradores e até mesmo absurdos, algo que não é diferente com a guerra entre a Rússia e Ucrânia.

No entanto, quando Liubov Tsybulska, conselheira do governo ucraniano, divulgou a informação, muita gente não acreditou como poderia ser possível.

Mas é verdade: uma mulher ucraniana derrubou um drone russo com um pote de tomates. O nome dessa mulher é Elena e ela é moradora de Dniprovskyi, um bairro de Kiev.

Leia também!

Elena foi entrevistada por um veículo de imprensa da Ucrânia e confirmou a veracidade da informação. 

A comerciante ucraniana, dona de uma pequena loja que vende utensílios domésticos, detalhou sobre o momento em que conseguiu derrubar o drone russo com o pote de tomates.

Ucraniana confundiu drone russo com pássaro antes de jogar pote de tomates

Ela estava na varanda da sua casa, fumando o seu primeiro cigarro do dia, quando viu algo sobrevoando à distância. Conforme a própria afirma, de início, parecia um “corvo ferido”, mas ela notou o som do drone logo em seguida.

Aliás, a ucraniana afirma nunca ter visto um drone em sua vida, mas ela percebeu que não se tratava de um pássaro conforme o dispositivo russo se aproximava.

Com o instinto de uma leoa, Elena correu para dentro de sua casa e pegou o primeiro objeto que viu: um grande pote de tomates.

Ucraniana drone russo tomates

Assim, a história aconteceu: Elena jogou o pote de tomates no drone russo com toda sua força, deixando o veículo em pedaços.

“Eu tive medo de que o drone começasse a atirar em mim”, afirmou a ucraniana, que completou com tristeza o fato de ter jogado o pote de tomates. “É uma pena. Aqueles tomates eram os meus favoritos”.

Por fim, a ucraniana e seu marido pegaram o drone atingido pelo pote de tomates e começaram a desmontá-lo, jogando suas partes em latas de lixo, com medo de serem rastreados por soldados do exército russo.

Exército russo operando drones na fronteira com a Ucrânia em janeiro deste ano

Por fim, Elena afirmou que não deixará sua cidade, mesmo em meio a guerra. A mulher ucraniana quer reconstruir o seu país e lutará para isso caso for preciso, mesmo que tenha que jogar vários potes de tomates em drones russos.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X