blank blank

Sony quer aumentar estoque do PS5 e ainda planeja alcançar recorde em unidades vendidas

Sony quer aumentar estoque do PS5 e ainda planeja alcançar recorde em unidades vendidas

A Sony, de fato, pretende tornar o PS5 O seu console mais vendido da história, superando o recorde de unidades vendidas em apenas um ano, que pertence ao seu primeiro console.

Segundo o CEO da empresa japonesa, Kenichiro Yoshida, a companhia irá impulsionar o estoque do PS5 no seu próximo ano fiscal, esperando vender mais de 22,6 milhões de unidades do console por ano.

O ResteERA descobriu essa informação através de um comunicado sobre uma reunião de acionistas da Sony, que focou em tronar ainda maior sua divisão de games.

Vale ressaltar que, desde o início da pandemia, há uma crise de semicondutores afetando o mercado de eletrônicos, sobretudo o de placas gráficas, processadores e videogames. Portanto, o desejo da Sony pode não ser realizado, caso a empresa não consiga manter níveis consistentes de produção.

Contudo, o comunicado da Sony deixa claro que a empresa pretende alcançar a meta de vender 22,6 milhões de unidades, 14,8 até o final de março de 2022, apesar da crise dos chips.

Sony PS5
Projeção de vendas do PS5 até o fim do ano fiscal, em março de 2022. Créditos: Sony

Anteriormente, em entrevista ao Bloomberg e noticiado aqui, o CFO da Sony, Hiroki Totoki afirmou que a demanda pelo PS5 continuará alta, o que será difícil para Sony bater o recorde do PS5, pois é possível que a empresa não consiga suprir.

Leia também: Sony alerta que falta de PS5 em estoque deve continuar até 2022

O recorde de vendas anuais de um console da Sony ainda pertence ao primeiro console PlayStation, que vendeu 22,6 milhões de unidades em 1998. No entanto, a empresa vislumbra quebrar esse recorde devido ao inicial desempenho que o PS5 obteve.

No seu primeiro ano fiscal, o PS5 vendeu 7,8 milhões de unidades, superando a fase de lançamento do seu antecessor PS4, que vendeu 7,6 milhões oito anos antes. Ao todo, a Sony já vendeu 8,6 milhões de unidades até o início deste mês, de acordo com uma pesquisa da empresa de análise de mercado Finbold.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

blank