Rumor: Apple deve colocar bateria maior e 5G mais rápido no iPhone 13

Rumor: Apple deve colocar bateria maior e 5G mais rápido no iPhone 13

Com a proximidade cada vez maior do lançamento do iPhone 13, os rumores ficam cada vez mais frequentes. O último rumor, por exemplo, indica que o próximo smartphone da Apple terá uma bateria até 18% maior e suporte ao 5G de ondas milimétricas (mmWave) em mais países.

Baterias maiores nos novos iPhones

O perfil no Twitter L0vetodream postou uma foto nesta terça-feira (1) com informações sobre 3 componentes que a Apple supostamente usará em seu próximo lançamento. Na imagem, que você pode conferir abaixo, podemos ver o número do modelo e a sua capacidade em mAh. Vamos começar falando do menor para o maior.

O modelo A2660 indica a bateria de menor capacidade. Ela conta com 2.406 mAh. Ela provavelmente será usada em um suposto iPhone 13 Mini, que também está sendo aguardado para o segundo semestre. Em comparação com o iPhone 12 Mini (2.227 mAh), o aumento de capacidade foi de 8%.

A bateria intermediária tem o código de modelo A2656. Ela tem uma capacidade de 3.095 mAh. Provavelmente ela será usada nos modelos iPhone 13 e iPhone 13 Pro. Sendo assim, temos um aumento de 9,9% em relação ao iPhone 12 e 12 Pro, que possuem baterias de 2.815 mAh.

A bateria de maior capacidade, por sua vez, é reconhecida pelo código A2653. E ela tem uma capacidade total de 4.352 mAh. Ela provavelmente será montada no iPhone 13 Pro Max, que é o aparelho maior, mais caro e com mais recursos da Maçã. Dessa forma, o aumento de capacidade é de 18% em relação ao iPhone 12 Pro Max, que tem uma bateria de 3.687 mAh.

Teremos iPhones com maior autonomia?

iPhone 13

Dificilmente. A Apple não costuma aumentar muito a autonomia da bateria de seus aparelhos. O que ela costuma fazer é manter o mesmo tempo de duração mas adicionando novas funções.

Para os aparelhos que serão lançados em 2021, espera-se a tecnologia Always-On Display, que já é usada em diversos celulares Android. Com essa função, a tela do smartphone fica sempre ligada, mostrando a hora e as notificações. Obviamente que este recurso acaba consumindo mais energia.

Além disso, os novos iPhones podem ter telas com taxa de atualização de 120 Hz. A Samsung, inclusive, já está trabalhando a todo vapor na fabricação desses displays. Entretanto, uma tela com taxa de atualização de 120 Hz fatalmente consome mais energia. E isso exige uma bateria maior, caso a Apple queira manter a autonomia do dispositivo.

5G de ondas milimétricas

No lançamento do iPhone 12, que inclusive fizemos toda a cobertura aqui, vimos que uma das novidades foi a conectividade 5G. No entanto, o 5G de ondas milimétricas, que é mais rápido, só funciona nos Estados Unidos. Os outros países ficaram apenas com o 5G na frequência sub-6 GHz.

Para o iPhone 13, no entanto, a Apple deve expandir o 5G com ondas milimétricas para mais países. Dentre eles estarão o Canadá, Austrália, Japão e diversos países da Europa. Ainda não sabemos se os aparelhos que serão comercializados no Brasil já serão compatíveis com essa frequência de 5G.

Por fim, mas não menos importante, outras novidades aguardadas são câmeras melhores, um notch menor e um leitor de impressões digitais sob a tela. O lançamento do iPhone 13 é aguardado para setembro de 2021.

Fontes: 9to5Mac e MacRumors

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X