blank blank

Qualcomm anuncia o Snapdragon 845

Qualcomm anuncia o Snapdragon 845

Durante o evento Snapdragon Technology Summit, a Qualcomm anunciou o seu primeiro processador para 2018, o Snapdragon 845. Esse SoC, topo de linha, substituto do Snapdragon 835, equipará os principais smartphones hig-end do mercado, e porque não, computadores também, já que serão lançados notebooks com Windows 10 e processador Snapdragon.

Mantendo a parceria com a Samsung, que fabricará o chip, a Qualcomm optou por manter os mesmos 10nm, da geração passada, porém com os avanço da tecnologia, com a técnica chamada 10LPP, o chip promete consumir 15% menos energia. Devido a essa aliança com a Samsung, um dos primeiros smartphones a receber esse processador provavelmente será o Galaxy S9, assim como a Xiaomi, que já garantiu que o seu próximo topo de linha terá Snapdragon 845.

O Snapdragon 845 é constituído de 8 núcleos baseados na terceira geração Kyrop. Há 4x Cortex-A53, que priorizam a eficiência energética, com 1.8 GHz e 4x Cortex-A75, de alta performance que alcançam 2.8 GHz A GPU é a Adreno 630, que prometem entregar melhorias substanciais em relação às gerações anteriores: 30% mais desempenho gráfico, 25% mais velocidade em games e aplicações pesadas e 30% na redução do consumo energético.

Projetado com foco na inteligência artificial, a Qualcomm diz que o Snapdragon 845 é três vezes mais poderoso que o seu antecessor nesse quesito, devido as melhorias de hardware e software. Funções relacionadas com realidade virtual e aumentada também foram melhoradas. Um exemplo, é o novo conceito chamado X-Reality, que permite mapear todos os objetos em uma sala e não apenas superfícies planas.

O Snapdragon 845 é capaz de lidar com telas com resolução 4K com profundidade de cor de 10 bits, HDR e 60 frames por segundo. Graças ao ISP Spectra 280, é possível capturar vídeos em 4K a 60 fps. Em reação ao tempo de gravação será possível filmar de forma contínua por até 4 horas nessa resolução. Em slow motion, a Qualcomm garante vídeos em HD (720p) com 480 quadros por segundo. 

O processador é capaz de lidar com câmeras com sensor de até 32 MP, estabilização eletrônica de imagem e captura de vídeos com a gama de cores Rec.2020. A inteligência artifical aparece novamente, dessa vez no quesito câmera, já que esse processador, com o seu processador de sinal digital, o Hexagon 685, permite que o smartphone aplique filtros em imagens e vídeos em tempo real sem ter que aguardar o pós-processamento, e também não será necessário um sistema dual-camera no aparelho para que o efeito bokeh seja aplicado.

Enquanto no reconhecimento fácil da Apple, o Face ID, o mapeamento do rosto é feito com cerca de 30.000 pontos, no Snapdragon 845 são impressionantes 50.000 pontos. Isso dará aos aparelhos Android um sistema de reconhecimento facil altamente preciso, minimizando o risco de algum espertinho tentar se passar por você.

Em termos de conectividade, o Snapdragon 845 traz o modem X20, capaz de atingir picos de até 1,2 Gbps de taxa de download. Há suporte para redes Wi-Fi sob o protocolo 802.11 AD. No envio e recebimento de conteúdo HD via Bluetooth a economia de energia é de 50%, graças a tecnologia TrueWireless. A tecnologia de carregamento rápido presente é o Quick Charger 4+, que promete carregar 50% da bateria em apenas 15 minutos. Com o System Cache de 3 MB, o acesso à memória é reduzida entre 40% e 75%, o que faz com que o aparelho consuma menos recursos, e consequentemente economize mais energia.

O Snapdragon 845 chegará aos dispositivos a partir de 2018. Provavelmente os primeiros serão mostrados na CES 2018, em janeiro

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário