blank blank

AMD inicia projeto Open Physics, na prática

O projeto Open Physics da AMD está em curso: somente seis meses depois de anunciar sua parceria com a Pixelux, a empresa fez um novo anúncio à imprensa para dizer que ela, a Pixelux e a Bullet Physics estão oferecendo aos desenvolvedores de jogos acesso à nova versão do middleware de física Pixelux Digital Molecular Matter.

O anúncio ainda afirma que o middleware está totalmente integrado à interface de programação da Bullet Physics, como as empresas haviam prometido ano passado. A integração permitirá aos desenvolvedores “integrarem simulação física nos jogos que rodam tanto na plataforma OpenCL, quanto na DirectCompute”, segundo o anúncio.

Claro que as interfaces de programação OpenCL e o DirectCompute permitem que softwares de fins gerais rodem em processadores gráficos independentemente do fabricante. Em teoria, levando em conta que os chips gráficos da Nvidia e AMD suportam as duas tecnologias, a proposta da AMD permitirá que os jogos não requiram uma marca ou modelo em específico de placa gráfica. Como o nome já diz, “Open Physics” é aberto, enquanto a API PhysX, da Nvidia funciona somente com GPUs da marca.

O anúncio não diz quais jogos tirarão vantagem do projeto Open Physics. Entretanto, tanto o Digital Molecular Matter quanto o Bullet Physics funcionam com o Trinity Vision Engine, que é base, além de outros títulos, do jogo “The Settlers: Paths to a Kingdom”, da Ubisoft.

Anúncio oficial:

http://www.amd.com/us/press-releases/Pages/amd-ecosystem-20…

Fonte:

http://techreport.com/discussions.x/18588

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário