Logo Hardware.com.br
Equipe GdH
Equipe GdH Geek Moderador
3.5K Mensagens 82 Curtidas

Entrevista com Linus Torvalds, criador do Linux

#1 Por Equipe GdH 04/02/2009 - 08:54
ImagemEntrevista com Linus Torvalds, criador do Linux

Como muitos leitores do DistroWatch Weekly devem saber, recentemente eu passei uma semana na Linux.conf.au em Hobart, na Austrália. Essa popular conferência anual atrai vários grandes nomes do mundo do código livre, incluindo Linus Torvalds, arquiteto-chefe e criador do kernel Linux. Em 1991, enquanto cursava a universidade de Helsinque, Linus lançou a primeira versão do kernel que batizara originalmente de 'Freax' - um jogo de palavras com 'Free' (gratuito/livre) e 'Unix'. "Estou fazendo um sistema operacional (gratuito/livre) (só por hobby, nada profissional como o GNU) para clones de ATs 386 (486)... Ele NÃO é portável (usa a troca de tarefas do 386), e provavelmente nunca suportará nada além de discos rígidos AT, e isso é tudo o que eu tenho :-(", escreveu Linux ao newsgroup comp.os.minix. Ironicamente, quase vinte anos depois, o Linux suporta mais hardware em sua configuração padrão do que qualquer outro sistema operacional, e é a espinha dorsal de muitos gigantes corporativos como o Google e a Amazon. Na LCA deste ano eu tive o privilégio de encontrar Linus e bater um papo com ele. Dentre outras coisas, ele confirmou que 'aquele blog' é dele mesmo, e aceitou responder a algumas perguntas para os leitores do DistroWatch.
Chris Smart
04/02/2009

https://www.hardware.com.br/artigos/entrevista-linus-torvalds/

Comente aqui!
Responder
jqueiroz
jqueiroz Cyber Highlander Registrado
104K Mensagens 5.7K Curtidas
#3 Por jqueiroz
04/02/2009 - 19:14
DW: Você acha que é bom termos tantas distribuições? Deveria existir um esforço colaborativo para uma única distribuição "voltada para o novo usuário" ou os novos usuários é que têm que se acostumar com o "jeitão do Linux"?
LT: Não só acho que ter várias distribuições é algo bom, como acho que é absolutamente essencial! Temos centenas de distros, e muitas delas são para nichos de mercado. E você precisa disso, simplesmente porque mercados diferentes têm necessidades diferentes, e não há distro que atenda a todas elas.
Claro que muita gente diz "mas você precisa de várias distros para o mesmo mercado?" quando pensam no mercado de desktop convencional, e só se prendem na questão do openSUSE, do Fedora e do Ubuntu dividirem o mesmo espaço. Mas você tem as distribuições focadas em questões específicas (e a competição é sempre desejável), permitindo que os mercados decidam quais questões são as mais importantes.

Além disso, ter vários times em jogo mantém a honestidade de todos e permite compará-los. Pode parecer tudo meio bagunçado e complexo, mas eu acho bem melhor ter um sistema feito por vários grupos do que por um só. Mesmo que seja mais complicado.


Bingo.

A diversidade é uma boa idéia, a natureza já a usa há milhões de anos e sempre deu certo.
"chmod 777 nunca ajudou ninguém" (c) 2002-2021 JQueiroz/FGdH
Conheça o Blog do Zekke
MaxRaven
MaxRaven General de Pijama Registrado
4.2K Mensagens 111 Curtidas
#4 Por MaxRaven
04/02/2009 - 21:23
Mas não adianta JQ, vai ter gente que ainda vai dizer que o numero de distribuições é obstaculo, que é nocivo, mal, feio e bobo. O maior problema é que encaram qualquer coisa com um kernel linux como sendo " a mesma coisa", mas não é, guardam semelhanças, compartilham soluções, mas não são e nunca será a mesma coisa.

Aprendi isso naquelas interminaveis discussões que tinhamos aqui, na época do fórum antigo (e que, invariavelmente, era fechado após todo mundo tomar uma suspensão hahaha), tudo sempre será baseado no que precisa, e, felizmente, para cada necessidade há uma solução, se não tiver, cria-se e assim vai.

Também se engana quem acha que os esforços gastos nos diferentes sistemas operacionais baseados em Linux (também conhecidos como distribuições) poderiam ser melhor aproveitados se todos se juntassem em apenas uma ou duas. 99% dos desenvolvedores das outras não iriam participar, já aqueles, que o fazem por hobby ou curiosidade, em sua maioria, não teriam condições tecnicas de participar ativamente do desenvolvimento, então, ficaria na mesma.
Marcelo de Matos Soeiro
Marcelo de M... Super Zumbi Registrado
13.3K Mensagens 159 Curtidas
#5 Por Marcelo de M...
05/02/2009 - 13:18
jqueiroz disse:
Bingo.

A diversidade é uma boa idéia, a natureza já a usa há milhões de anos e sempre deu certo.

O problema, realmente, é a questão que ele colocou: será que tantas soluções para o mesmo problema é algo desejável?!?! Não há um limite para isso?!?!
Fiquem com Deus.
Mandriva 2010.2 | GNOME 2.30 | Xfce 4.6.1 | KDE 4.5.5
Linux User 169925
E há de ser que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo; (Jl 2:32)
jqueiroz
jqueiroz Cyber Highlander Registrado
104K Mensagens 5.7K Curtidas
#6 Por jqueiroz
05/02/2009 - 13:49
O problema, realmente, é a questão que ele colocou: será que tantas soluções para o mesmo problema é algo desejável?!?! Não há um limite para isso?!?!
Fiquem com Deus.

A natureza também deu a dica pra solução desse problema: Seleção natural. As boas idéias sobrevivem.
"chmod 777 nunca ajudou ninguém" (c) 2002-2021 JQueiroz/FGdH
Conheça o Blog do Zekke
jqueiroz
jqueiroz Cyber Highlander Registrado
104K Mensagens 5.7K Curtidas
#8 Por jqueiroz
05/02/2009 - 14:47
Eu acho que a médio prazo, a crise pode ser benéfica. Muita gente [leia-se empresas] vai migrar pra linux por economia de custos.

Alguns vão fazer isso sem critério e sem planejamento, e vão dar com os burros n'água --- olha a seleção natural agindo aí de novo ---, outros vão fazer com um planejamento e descobrir que a idéia é boa.
"chmod 777 nunca ajudou ninguém" (c) 2002-2021 JQueiroz/FGdH
Conheça o Blog do Zekke
DiamondMax
DiamondMax Novo Membro Registrado
33 Mensagens 0 Curtidas
#9 Por DiamondMax
05/02/2009 - 17:44
A diversidade de distribuições é interessante já que necessidades diferentes exigem soluções diferentes. Mas apesar das milhares de distribuições, poucas são realmente reconhecidas internacionalmente porque muitas são projetos pessoais ou derivações de uma distribuição principal. Mas acho que deveria haver uma maior contribuição no kernel por parte das distros já que é o coração do sistema. A grande maioria são empresas que realmente contribuem para o kernel. O Ubuntu, que é um das mais usadas, quase não contribui!

Mas o pessoal do Linux precisa pensar em estratégias de como aumentar a presença nos desktop que hoje é menos de 1% e mudar a imagem de que Linux é difícil.
Ubuntu 8.10 + Kernel 2.6.28.9-DiamondMax3

http://www.diamondmax.wordpress.com

Dê mais poder ao seu sistema!!! super.gif

apimente.br
apimente.br Cyber Highlander Moderador
50.8K Mensagens 3.7K Curtidas
#10 Por apimente.br
05/02/2009 - 20:31
É engraçado como partindo de um mesmo ponto se pode chegar a lugares diferentes.

Depois de testar inúmeras distribuições adotei mais os mesmos critério que o Linus diz ter adotado:
Linus Torvalds
...eu quero uma das distribuições com comunidades "grandes o suficiente" e que eu possa baixar, instalar e atualizar pela internet de maneira trivial; que seja proativa, mas não doida, no que tange às atualizações.

Só que cheguei à conclusão que a distribuição que melhor atende a esses requisitos é a Mandriva.
O Linux não é o Windows
Como fazer perguntas inteligentes? Clique aqui!
Ao pedir ajuda, informe sua configuração completa e forneça detalhes suficientes para alguém te ajudar.

cvv
cvv Veterano Registrado
603 Mensagens 75 Curtidas
#11 Por cvv
07/02/2009 - 00:30
Ainda acho que a pirataria irá dominar muitos anos. Não é uma torcida, é uma constatação.

E ao mesmo tempo não sei até que ponto "a seleção natural" é tão fantástica se 90% sempre foi só um SO.

Acredito muito mais num Ubuntu que em 3 dúzias de outras distros.

Mas o mais importante que vejo sempre o Linus falar é sobre a facilidade, facilidade de uso. Simplesmente usar as coisas e não se preocupar em instalações/compilações.

Nesse meio, o Windows tende a perder. Por que quem tá em cima só pode cair? Em parte sim. Em parte porque se o Windows tem algo instalado por padrão é anticoncorrência, se uma distro GNU/Linux é completa é "bastante preocupada com seus usuários".

GNU/Linux tem mais vantagens, nesse ponto, na competição. O problema é evitar o que gostam de chamar de "bloatware". Esse tem sido, na minha opnião, um dos maiores fracassos do Windows - no que diz respeito aos softwares que são feitos para ele.

abraços
Thiagordo
Thiagordo General de Pijama Registrado
4.5K Mensagens 61 Curtidas
#12 Por Thiagordo
10/02/2009 - 05:14
bacana a entrevista, desmistificou algumas impressões que eu tinha sobre o Famigerado Linus.
Eu sinceramente esperava uma distro como o gentoo, debian ou slack na mao dele hehehe

mas o que mais deixou a desejar foi a superficialidade das perguntas. O entrevistador é bom e inteligente, e conseguiu não colocar questões polêmicas. Porém essas questões são bem pertinentes quando bem discutidas.

tambem achei curiosa a visão do Linus quanto aos netbooks, sem fazer juizo do comentário, realmente me surpreendeu.
comemorando.gif ThinkPad T410i
André0991
André0991 Geek Registrado
2.2K Mensagens 79 Curtidas
#13 Por André0991
10/02/2009 - 14:29
A natureza também deu a dica pra solução desse problema: Seleção natural. As boas idéias sobrevivem.


Segundo a teoria da evolução, o que sobrevive não é o melhor ou o mais forte, mas sim o que melhor consegue se adaptar às mudanças do meio.

Além disso, não dá pra aplicar a teoria da evolução a assuntos sociais.

Mesmo assim, a explicação da adaptação ao meio pode explicar o sucesso do Windows, mesmo sendo tão inferior quanto à estabilidade/segurança big_green.png

Abraços.
Responder Tópico
© 1999-2024 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.
Imagem do Modal