Erros que devemos evitar ao montar um computador – Parte 2

Erros que devemos evitar ao montar um computador – Parte 2

Recentemente publicamos a primeira parte da nossa série, “Erros que devemos evitar ao montar um computador“. Hoje iremos dar continuidade, abordando mais alguns erros comuns que devem ser neutralizados quando estivermos com o projeto de montar um computador.

Vamos aos erros

Escolher o processador mais caro, achando que este modelo será a melhor opção pra você.

Como mencionamos no artigo passado, um item muito importante para montar qualquer tipo de computador é traçar o seu perfil de usuário. Você um gamer? Você é somente um usuário de redes sociais? Trace o seu perfil, para depois escolher qualquer componente para o seu computador. Podemos fazer um comparativo entre um Core i7- 5960X e um Core i5- 4670K, claro que o Core i7 irá apresentar um desempenho melhor, mas a relação custo x benefício, pode ser bem ingrata para grande parte dos usuários, e muitos dos usuários que adquirem um Core i7 desse, não utilizam nem perto do potencial do processador.

Outro mito que também já abordamos no artigo “Monte um PC Gamer #Processador“, é a questão de se guiar pela quantidade de núcleos oferecida pelo CPU, e esquecer outros fundamentos muito importantes, como Cache, IPC e etc. Muitos usuários são enganados por testes de benchmarks, que aonde mostra um Core i5 vencendo um processador da AMD de oito núcleos, claro que o processador da Intel irá vencer além do IPC ser melhor, por enquanto quase nada otimizado para oito 

Confira alguns perfis de usuários e como escolher corretamente o modelo de processador.

  • Eu tenho uma placa mãe que não suporta recurso de overlocking: Se a sua placa mãe não oferece recursos para overclock, não é interessante adquirir um processador da série K da Intel por exemplo. Modelos com esse sufixo são projetados para usuários que tem a necessidade de aumentar clock, e mexer no multiplicador do processador.

  • Eu só quero meu computador para navegação na internet: Se o seu objetivo é ter um computador para navegação na internet, produção de textos e planilhas,  não precisa adquirir um processador mais caro, que apresente recursos mais novos e altos níveis de GHz.

  • Eu quero uma máquina gamer: Caso sua meta seja ter um computador para games, será necessário investir um bom valor, ou optar por soluções mais alternativas. Por exemplo, um Core i7 da linha K, é bem mais caro que um Core i5 K ou um AMD FX da série 8000. Ponha na balança quanto você pode gastar e qual desempenho você procura.
    Eu quero um computador para edição de vídeos e projetos 3D: Neste caso o investimento terá ser muito maior, devido a tarefas como renderização exigirem muito do computador. 

Escolher o processador ideal para o computador é uma tarefa complicada que exige que você conheça um pouco dos modelos que estão no mercado para poder tirar a conclusão de qual a modelo se encaixa no seu perfil. 

Outro detalhe que vale menciona é que caso o seu objetivo é montar uma máquina gamer, vale abdicar de um processador mais caro, e com mais recursos para poder investir um pouco mais na placa de vídeo. Mas sempre usando uma lógica na escolha. De nada adianta uma placa de vídeo top de linha com um processador muito fraco. 

E para a relação custo x benefício, a AMD ganha de longe a Intel, oferecendo soluções interessantes como o FX-8320. Mas se você pode investir e está buscando desempenho, Intel deverá ser a sua escolha.

Querer fazer overclock com um cooler box 

Quer fazer overclock e não trocar o cooler box que veio junto com o seu processador? Esqueça isso não vai terminar bem. Para os usuários que estão pensando em elevar as frequências de operação de algum componente, como o processador terá que investir num melhor equipamento para a dissipação do calor. Os coolers box atendem muito bem os usuários básicos, que jamais irão se interessar em aumentar o nível de clock da CPU.

Um grande mito é associar melhor refrigeração somente ao Water Cooling. Realmente Water Cooler oferece uma melhora significativa nas temperaturas do computador. Mas não é por isso que devemos descartar os coolers a ar, existem diversas opções trazendo heat pipes e vapor chambers. O pessoal da Chipart recentemente fez o unboxing do Cooler V8 GTS da Cooler Master, opção muito boa de cooler a ar. Além do Cooler central para a CPU, invista também em fans adicionais para o gabinete, contribuindo assim para uma melhor dissipação do calor.

Então pense bem na hora de escolher a opção de refrigeração para o seu computador. Se o seu gabinete comporta um Water Cooler, essa é a melhor opção, mas caso prefira pode investir sem problema nenhum em um cooler a ar que seja de qualidade é claro. E não podemos esquecer a pasta térmica, opte sempre por pastas de prata e se possível de cerâmica, mas o custo será bem maior.

Uma má dissipação do calor no seu computador pode ocasionar perdas de desempenho, reiniciamento inesperado, podendo ocasionar uma grande perda da vida útil do processador ou de outros componentes.

Está gostando das dicas? Deixe seu comentário e conte um pouco qual a sua experiência de escolha de processador e coolers.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X