Como transformar uma TV comum em Smart TV?

Como transformar uma TV comum em Smart TV?

Uma TV é considerada uma Smart TV quando ela passar a ter conexão com a internet e roda um sistema operacional compatível com o uso de aplicativos diversos, como por exemplo de streaming de vídeos, filmes, séries, músicas, entre muitos outros.

Por isso, diferente do que muitas pessoas acreditam, uma TV comum pode sim ser transformada em uma Smart TV, só que para isso é preciso investir em algum dispositivo que traga essa função para o aparelho. E é sobre isso que vamos falar neste artigo.

Leia também:

Segundo Anatel, TV Boxes piratas podem espionar tela do celular
Xiaomi TV Box 4S Max chega com suporte para resolução 8K

Aparelhos para transformar uma TV comum em Smart TV

Para transformar uma TV comum em Smart TV não há muitas complicações e não é um bicho de sete cabeças, principalmente com o aumento de opções de dispositivos com esse objetivo no mercado. Com poucos passos, é possível trazer para as TVs comuns muitas das funcionalidades das Smart TV, principalmente para ter acesso a aplicativos como Youtube, Netflix, Spotify, entre outros.

Os aparelhos são diferentes em suas funcionalidades, por isso é preciso ficar atento a esses detalhes. Alguns, como o famoso Chromecast, oferecem uma conexão para a TV mas que precisam de um smartphone ou um tablet para transmitir o conteúdo para a tela grande, ou seja, fazem esse espelhamento. Já outros, como a TV Box, contam com um sistema operacional próprio e independe do uso de smartphones.

Hoje em dia é possível encontrar aparelhos como esses de diversas marcas, até mesmo de grandes empresas como Google, Amazon e Xiaomi. Hoje vamos te mostrar algumas opções que podem ser encontradas no mercado brasileiro, com suas características principais.

Google Chromecast 3 – Média de preço: R$ 180

Smart TV

Um dos aparelhos mais conhecidos para quem quer transformar uma TV comum em Smart TV é o Chromecast do Google, que está em sua terceira geração. Ele é uma opção para quem não quer gastar muito e quer garantir qualidade. Assim como qualquer outro da categoria, ele só precisa ser acoplado na porta HDMI da televisão, e tem um visual bem simples.

Porém é um aparelho que não vem com controle remoto, já que precisa de um smartphone ou tablet, sendo Android ou iOS para que você possa escolher no dispositivo móvel o conteúdo que quer ser passado na TV. O Chromecast funciona exatamente dessa forma, mostrando o que está na tela do seu smartphone diretamente na TV e em resolução Full HD.

Amazon Fire TV Stick – Média de preço: R$ 280 (versão padrão)

Smart TV

O Amazon Fire TV Stick é mais uma opção muito procurada por aqui e atualmente a empresa oferece 3 modelos. O mais em conta é o Lite, cujo controle remoto não vem com comandos da TV como de ligar e desligar, só do aparelho, e o áudio é HDMI. Os outros dois são o Fire TV Stick padrão e o 4K. Ambos contam com controle remoto que tem controle para a TV, como ligar e desligar, e áudio Dolby Atmos. Porém o padrão tem resolução Full HD enquanto o 4K tem resolução 4K.

Todas as opções também contam com comandos de voz no controle através da Alexa, o que é bem interessante. Ele é um dongle que é conectado a TV através da entrada HDMI e tem um formato bem compacto e simples. Ao realizar a conexão com a internet por meio do Wi-Fi ele já consegue abrir e rodar os aplicativos e todos já contam com os mais usados já instalados de fábrica como Netflix, PrimeVideo e Youtube.

Roku Express – Média de preço: R$ 200

Smart TV

A Roku Express também é bastante conhecida nesse segmento, sendo uma TV box para transformar qualquer TV em Smart. Por ser uma TV box ele tem o formato de uma caixinha e ela precisa ficar em um local que não ofereça bloqueio para o sensor frontal, já que o controle remoto se comunicará com ela através desse sensor.

A instalação também não é complicada, a diferença é que além da entrada HDMI, também é preciso conectar a entrada USB por causa da energia. Caso a TV não tenha saída USB, também dá para liga-la a uma tomada nesse intuito. Ela já vem com diversos aplicativos instalados como Netflix, GloboPlay, HBO e até mesmo a Google Play para baixar mais. É um aparelho que tem controle remoto e nele é possível acessar atalhos para alguns desses aplicativos.

Embora venha com o controle, ele também pode ser controlado a partir de um smartphone se você preferir. Outra forma de interagir com ela é através do comando de voz, já que é compatível tanto com a Siri quanto a Alexa e Google Assistente.

Xiaomi Mi TV Stick – Média de preço: R$ 280

Xiaomi Mi TV Stick

A Xiaomi também oferece um aparelho nessa categoria, o Mi TV Stick, que funciona de forma semelhante ao Fire TV Stick da Amazon. Nesse caso uma diferença interessante é que o aparelho da Xiaomi roda o sistema operacional Android TV, que está presente também em algumas Smart TVs a depender da marca. Além disso, garante já a familiaridade da interface com as pessoas que já contam com smartphone Android.

Outra vantagem é que o sistema operacional já garante a compatibilidade com todos os aplicativos que rodam nesse sistema, ou seja, muito. Ele tem o formato de um dongle, sendo pequeno e com design simples, e que pode ser conectado diretamente na saída HDMI. Ele também pode ser usado como um Chromecast para espelhar o conteúdo do smartphone para a TV, porém não é limitado a isso como o aparelho do Google.

Também é possível usar comandos de voz com o aparelho da Xiaomi, já que ele é compatível com o Google Assistente (já vem integrada). A resolução é Full HD.

Chromecast Google TV 4K – Média de preço: R$ 400

Chromecast Google TV 4K

Embora o Google já ofereça o Chromecast padrão que mostramos no começo da lista, a empresa agora também já trouxe uma opção para quem quer um aparelho mais completo. Diferente do Chromecast 3, o Chromecast Google TV não é limitado ao espelhamento através de um dispositivo móvel, ou seja, ele funciona de forma independente do smartphone.

Por isso, ele vem com controle remoto próprio e já conta com Google Assistente integrada para comandos de voz. Outra vantagem é que ele aumenta a resolução do conteúdo na TV para 4K, o que é bem interessante. Já seu sistema operacional é o Google TV, que é mais novo do que o Android TV, e que conta com praticamente a mesma compatibilidade.

Xiaomi Mi Box S – Média de preço: R$ 400

Xiaomi Mi Box S

A Xiaomi também oferece outra opção de produto da categoria no mercado, só que dessa vez uma TV box. No caso da Mi Box S, uma grande vantagem é que ela reproduz o conteúdo com resolução 4K, garantindo maior qualidade na hora de assistir os conteúdos. Por ser uma TV box, ela precisa ser ligada também na tomada ou através de uma saída USB para energia.

Ela também tem Chromecast integrado para espelhamento do conteúdo do smartphone e também vem com Google Assistente já integrada para comandos de voz que pode ser ativado diretamente do seu controle remoto. O som da Mi Box S também é um destaque a parte, com DTS 2.0+ e Dolby Digital Plus, então é uma opção bem interessante para quem é mais exigente nesse quesito e quer um áudio mais potente e imersivo.

Apple TV 4K 2ª Geração – Média de preço: R$ 1200

Apple TV 4K 2ª Geração

O Apple TV é um aparelho um pouco mais caro, mas também pode ser encontrado no mercado e pode ser uma opção para quem quer uma melhor integração com o ecossistema da empresa como iPhones, iPads, Macs, Apple Watches, AirPods e HomePods. Além disso ela também garante acesso a todos os serviços da Maçã.

É um aparelho que conta com resolução 4K e HDR, então as imagens são de boa qualidade, e em relação ao áudio, ela conta com a presença do Dolby Atmos. Vem com controle remoto que já conta com microfone integrado para comandos de voz e os filmes e séries que são baixados vão direto para o iCloud, então não ficam armazenados no aparelho.

Intelbras IZY Play – Média de preço: R$ 300

smart TV

Temos também uma TV Box oferecida pela Intelbras, a IZY Play. Além de servir para transformar a TV comum em uma Smart TV, ela também conta com opções de conexão com outros dispositivos como pendrives e fones de ouvido tanto através de conexão Bluetooth quanto pela entrada USB.

Seu controle já conta com atalhos para alguns aplicativos mais usados, e também vem com compatibilidade com o Google Assistente. Dessa forma, dá para controlar até mesmo outros aparelhos na casa que também sejam conectados a ela, ou simplesmente escolher o que vai assistir apenas falando.

Esses são alguns exemplos de aparelhos que podem ser usados para transformar uma TV comum em Smart, tendo também outros no mercado que cumprem o mesmo propósito. Porém, é bom sempre ficar atento e evitar comprar produtos piratas, tanto pela qualidade quanto porque alguns podem até mesmo conter malwares e danificar seus aparelhos.

Se você já usou algum e tem críticas ou elogios, vale a pena comentar, assim ajuda quem está pensando em comprar. Também vale indicar algum modelo que não foi citado na lista!

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X