Análise Edifier E-25 Luna Eclipse

Análise Edifier E-25 Luna Eclipse

Estamos acostumados com alto-falantes quadrados, retangulares e outras formas geométricas convencionais, mas com a Luna Eclipse E-25 a Edifier oferece uma proposta totalmente diferente do que os usuários conhecem como conjunto de caixas-de-som. Oferecendo um design premium com linhas arrojadas e formato  elíptico. Mas será que somente o design prevalece na E-25? Confira agora nossas impressões desse lançamento diferenciado da Edifier.

Design

Há uma grande diferença entre observar a E-25 nas fotos e ter o produto em mãos, o impacto do design produzido pela Edifier é simplesmente sensacional. Toda a concepção do produto é de alto impacto visual, ao levantarmos a tampa da caixa encontramos os alto-falantes em um saco de pano posicionados numa armação aveludados protegidos por uma espuma. A medida que retiramos os alto-falantes da caixa fica evidente o peso – quase 4 Kg cada caixa, comprovando a qualidade do produto.

Além dos alto-falantes encontramos na embalagem a fonte de alimentação, um cabo IEC, um cabo de 6 pinos de 10 metros para a interconexão das caixas (os fanáticos por hardware vão perceber facilmente que o cabo lembra muito o conector PCI-Express de 6 pinos utilizado nas placas de vídeo), um cabo de áudio 3,5 mm (P2), um controle remoto super slim , uma embalagem com o manual de instruções e uma espécie de flanela para a limpeza das caixas.

A E-25 está disponível nas cores preta, branca e vermelha por um valor R$ 899,00 de acordo com a loja virtual da Edifier no Brasil o que é um absurdo comparado com os US$ 200 cobrado nos EUA. Testamos o modelo branco, e o efeito brilhoso lembra e muito a porcelana. Os speaker’s  receberam um acabamento emborrachado que protegem o tweeter. Na parte traseira há dois radiadores passivos que podem ser vistos através da fenda posicionada estrategicamente pela Edifier. Na caixa que representa a coluna ativa encontra-se o conector para o cabo auxiar, conector para alimentação (DC In 18 V), entrada para o cabo de 6 pinos além de painel touch aonde para interação com caixa. Na coluna passiva encontra-se apenas o SPK in, que nada mais é que o local para o encaixe do cabo de 6 pinos que interliga as caixas. Cada uma das caixas possui na parte dianteira um tweeter ¾ polegadas e um driver midrange de 3,5 polegadas.

Desempenho do áudio e recursos

A E-25 pode ser utilizada através da conexão Bluetooth ou através da conexão auxiliar, que dificilmente será utilizada por algum usuários que adquira o produto, o foco do conjunto é o pareamento via Bluetooth. A conexão Bluetooth oferecida pela E-25 é a 2.2, que suporta as tecnologias AD2P e AVRCP. O pareamento ocorre de maneira simples e direta, o procedimento é conectar o cabo de alimentação, o plug de 6 pinos, ligar o Bluetooth do seu dispositivo, encontrar “EDIFER Luna Eclipe, conectar e pronto, a partir desse momento a Luna Eclipse passa a ser a saída de áudio do seu dispositivo.

Os comandos do painel touch da coluna ativa são confusos, e as vezes falham, como por exemplo na passagem das faixas, para executar esse comando você precisa apertar o botão de power e a tecla de redução de volume, na maioria das tentativas o comando não responde bem, e você necessitará repetir diversas vezes o procedimento.Claro que o próprio dispositivo que estiver conectado à caixa (smartphone, tablet e etc) podem agir como controlador, intermediando os comando de reproduzir/pausar, avançar as faixas e etc.

O controle remoto da E-25 também apresenta um design muito bonito, mas peca em sua construção, ele é todo construído em plástico e devido a sua espessura não passa confiança em relação a sua durabilidade e a Edifier poderia muito bem ter adicionado um botão de reprodução e pausa no controle, ter que apertar os três botões do controle para pausar uma faixa com certeza é frustrante.

Ao parear as caixas com algum dispositivo via Bluetooth o Led da caixa ativa passa da cor vermelha para azul e ao cancelar o pareamento o led vermelho retorna.

A qualidade de áudio da E-25 Luna Eclipse irá impressionar praticamente todos os usuários que adquirirem o produto, com os seus 74 Watts RMS as caixas cumprem o seu papel, mas não são perfeitas, um ouvinte mais atencioso irá perceber uma grande diferença na qualidade dos agudos comparado com os graves e midrange. Os agudos da E-25 em algumas faixas apresentam uma queda em sua definição, mas nada que chegue a distorções ou a impressão de “gritaria”. Os graves impressionam, sendo surpreendentemente profundos, fazendo com que você “sinta as vibrações” mais baixas do audio

Na internet há diversos “mestres da teoria” que irão afirmar que ao utilizar as caixas via cabo auxiliar irá aumentar a qualidade sonora devido as limitações de streaming via Bluetooth e blá, blá, blá. Não houve nenhuma diferença na qualidade do som, ainda mais que que a E-25 traz o perfil bluetooth A2DP (Advanced Audio Distribution Profile) que melhora ainda mais a transmissão de áudio entre dispositivos conectados via Bluetooth.

Pontos Positivos

Design inovador em todos os aspectos
Alta qualidade nos Graves e médios
Excelente comprimento dos cabos 
Facilidade na configuração 

Pontos Negativos 

Agudos deixam a desejar em aguns momentos
Painel Touch de díficil acesso para determinadas funções
Controle remoto bonito, mas pouco funcional
Alto valor no Brasil

Especificações detalhadas 

  • Dimensões: (A)122 x (L)212 x (P)222mm
  • Peso: 3.6Kg
  • Potência de saída: 74w RMS (15W x 2 + 22W x 2)
  • THD + N (nível de teste): 10%
  • Relação sinal-ruído: >85dBA
  • Sensitividade de entrada: 600mV ± 50mV
  • Resposta de freqüência: 30Hz ~ 20KHz
  • Tipo de entrada: Bluetooth/AUX

Veredito

Inovação realmente é a palavra que define o design desenvolvido pela Edifier para a E-25 Luna Eclipse, distanciando-se da maioria das caixas de som 2.0 convencionais, além disso, ainda oferece uma qualidade sonora satisfatória. Mas os seus controles confusos e o alto preço no Brasil “põe em cheque” o produto da Edifier. Muitos consumidores que não se preocupam muito com o design irão preferir investir num conjunto de caixas 2.0 mais baratas ou então aplicar o mesmo valor cobrado pela E-25 num Home Theater 5.1, por exemplo, mas para os detalhistas, que procuram beleza aliada a funcionalidades a Luna Eclipse pode ser uma ótima escolha.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X