Reorganizando a tela iniciar

A tela inicial pode ser personalizada. Você não precisa deixar ali apenas os programas que já estão. Como comentei anteriormente, é fácil desfixar programas dela, basta clicar com o direito e clicar para desfixar na barra inferior.

O posicionamento dos elementos nela também é bastante flexível. Ela pode rolar horizontalmente para exibir mais coisas. Seja com o dedo numa touchscreen ou com a rodinha do mouse, o processo é bem natural.

Para mover um quadro de posição, clique nele e segure o botão (o esquerdo mesmo). Com o botão pressionado, arraste o item para algum outro local. Não tenha medo: depois de fazer algumas vezes você se acostuma. Os outros blocos são movidos automaticamente para abrir espaço.

Arrastando um quadro

 

Os quadros largos podem ser reduzidos a quadros menores: clicando com o direito num deles, clique em Menor na barra inferior.

Menor

 

Eles também podem ser expandidos de volta, basta repetir o processo e clicar em Maior. Nem todos os apps modernos suportam este recurso.

Quando estão maiores eles exibem mais informações, como fotos, notícias, atualizações de status, etc.

A tela iniciar é formada por colunas de blocos. Quando você tiver vários programas fixos nela, pode ser complicado mover algum deles para um grupo que esteja longe. Para isso é necessário dar “zoom” ao contrário, passando a exibir tudo menor. Basta segurar um quadro e arrastá-lo para a parte inferior da tela. A malha de ícones será afastada, permitindo mover o item desejado para algum grupo distante.

Movimentação de um tile para outro local

Em vez de mover quadro por quadro você também pode mover grupos de quadros. Para isso clique no sinal de menos, na parte inferior direita (se ele não aparecer, experimente rolar um pouco a tela ou mover o mouse). Isso afastará todos os elementos e a movimentação se dá por blocos, bastando arrastá-los também.

Como se vê, a tela Iniciar do Windows 8 não é tão ruim como poderia parecer. Ela mostra bem mais informações e ícones do que o menu Iniciar. A navegação é diferente, infelizmente a opção antiga não está mais disponível, mas não é nada tão grave.

Há programas que trazem o menu clássico de volta, mas na verdade são reimplementações feitas do zero: não são os menus originais do Windows. Particularmente, não recomendo.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X