O sistema

O Windows 7 tem o conceito de “coleções”, nomeadas como “bibliotecas” (“libraries”). As bibliotecas são pastas especiais, pastas virtuais que listam o conteúdo de várias pastas. Assim como discos em RAID ou volumes dinâmicos, onde os dados podem ser armazenados em vários discos, mas o usuário vê o conteúdo de todos eles mesclados (é diferente, claro, mas lembra isso).

Em outras palavras, as bibliotecas permitem agrupar pastas e vê-las como se fossem uma pasta só. Isso é espetacular para quem tem vários HDs ou partições (como eu, hoje com 3 HDs e umas centenas de partições :P). Por exemplo, “fotos”. Você pode ter fotos espalhadas na pasta de imagens dos documentos do Windows, fotos no segundo HD e ainda fotos na pasta /home/joao do Linux que você acessa com algum driver de leitura para Windows (citando como exemplo, nem sei se funcionam no Windows 7). Você agrupa essas pastas e dá um apelido a elas, e então passa a acessar todo o conteúdo delas numa só pasta, numa biblioteca.

Assim, as pastas especiais do Windows como Músicas, Vídeos e Imagens (que perderam o pronome possessivo a partir do Windows Vista) passam a ser coleções que unem, mesclam o conteúdo da sua pasta pessoal com a pasta pública – onde o Windows coloca imagens ou músicas de exemplo, algo que apareceu pra valer no Windows XP com os “Documentos compartilhados”. Ainda se quiser, é claro, elas poderão ser acessadas individualmente.

As bibliotecas podem ser acessadas no Windows Explorer, através da barra lateral. A qualquer momento você pode criar uma nova, ou adicionar ou remover pastas de bibliotecas existentes.

Para criar uma biblioteca, estando na seção “Bibliotecas” do Windows Explorer, clique num lugar vazio da tela com o botão direito e escolha “Nova > Biblioteca” (ou pelo menu Arquivo > Novo, o menu aparece ao teclar Alt esquerda):

m12f90b60

Dê um nome a ela, e a seguir vá nas propriedades da mesma, clicando nela com o direito e indo em Propriedades. Aí você poderá adicionar facilmente as pastas desejadas. Veja, por exemplo, minha pasta Documentos:

4888694

No caso guardo os documentos numa pasta em outra partição (H:, na imagem acima). Nas versões anteriores do Windows eu deveria ir nas propriedades da pasta “Meus documentos” e apontar o caminho para a minha pasta. Assim apenas adiciono ela na biblioteca “Documentos”, e posso também remover da biblioteca a pasta padrão que o Windows cria dentro da pasta “Users”, na unidade em que estiver instalado. A que for definida como local de salvamento é a pasta “principal” da biblioteca, a que será usada ao salvar arquivos na biblioteca usando a janela “Salvar” ou “Salvar como”.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X