Usando o Super

No Windows, uma boa opção de conversor é o Super (http://www.erightsoft.com/SUPER.html), um freeware baseado em conversores open-source, como o FFmpeg, MEncoder, MPlayer, Mppenc, que, embora sejam mais famosos por rodarem no Linux, também estão disponíveis em versão Windows. O pacote de instalação contém todos os conversores necessários, justamente por isso tem quase 30 MB.

O uso é bastante simples. Comece arrastando os vídeos que quer converter para a janela do Super. Para converter os vídeos para o RealPlayer, use “mp4” como container, MPEG-4 como codec de vídeo (você pode usar também o H.264 se preferir, mas a conversão demorará bem mais) e “AAC LC” como codec de áudio:

m2d0cf79c

Use resolução de 320×240 para os vídeos no formato 4:3 e 320×176 para os vídeos no formato 16:9, usando, em ambos os casos, de 240 a 480 kbps de bitrate, de acordo com a relação entre tamanho e qualidade que preferir.

Se, por acaso, o vídeo e o áudio ficarem fora de sincronismo, mude o FPS de 15 para 12.5 (caso o vídeo original tenha 25 FPS) ou 11.966 (caso tenha 24 FPS), ou simplesmente mantenha o FPS original, em vez de reduzir. Este problema surge esporadicamente quando é usado um FPS que não é um inteiro ou a metade exata do original.

Praticamente todos os aparelhos com processadores ARM11 de 300 MHz ou mais são capazes de reproduzir vídeos com 25 frames, mas usar 15 FPS (ou 12.5, ou 11.966…) é uma boa forma de melhorar a qualidade da imagem (mais bits para cada quadro) sem precisar aumentar o bitrate do vídeo. Com menos frames, você também gera arquivos mais compatíveis, que podem ser vistos mesmo em aparelhos mais antigos.

Para o áudio, use sempre 2 canais, com bitrate de 64 kbps. O AAC é um pouco mais eficiente que o MP3 na compressão, de forma que os 64 kbps permitem manter uma boa qualidade, sem aumentar exageradamente o tamanho final dos arquivos.

Por default, os arquivos de saída são salvos na pasta “Arquivos de programas > eRightSoft > Super > Output”, mas você pode alterar o diretório padrão clicando com o botão direito sobre o campo “Output” do player.

O Super permite converter vários arquivos de cada vez, de forma que você pode ganhar tempo simplesmente deixando o micro trabalhando durante a noite e copiando os arquivos convertidos todos de uma vez no final do processo. Como um bônus, ele serve também como player de mídia (no PC), nesse caso servindo como interface para a versão portada do Mplayer (o mesmo usado no Linux) incluída no pacote.

Além dele, você pode converter os vídeos também usando o VirtualDub (www.virtualdub.org/) ou qualquer outro software que permita converter vídeos para o formato MP4/H.264, com áudio no formato AAC.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X