Gerando uma imagem personalizada com o Clonezilla

Outra opção para gerar mídias personalizadas de instalação do sistema é usar o modo de configuração OEM oferecido pelo próprio Ubuntu para gerar uma instalação personalizada e em seguida cloná-la usando o Clonezilla.
O modo de instalação OEM permite que você instale o sistema em uma máquina, faça as alterações desejadas nos pacotes e configuração do sistema e oferece uma opção de remover todos os dados particulares, deixando o sistema pronto para ser enviado ao usuário final. Durante o primeiro boot após isso, o sistema executará o oem-config, um assistente de configuração pessoal, que permite ao usuário final selecionar a linguagem, configuração do teclado e criar uma conta de usuário:

Para fazer a instalação em modo OEM, pressione F4 na tela de boot do CD (depois de escolher a linguagem) e escolha a opção “Instalação OEM”. De volta ao menu principal, use a opção “Instalar Ubuntu” para instalar o sistema, gerando a matriz que será posteriormente duplicada:

Depois de terminada a instalação, faça todas as configurações desejadas no sistema, instalando outros pacotes, alterando o gerenciador gráfico, personalizando o desktop e tudo mais o que desejar, como faria em qualquer instalação do Ubuntu. Ao terminar, clique no ícone “Prepare for shipping to end user” no desktop para “fechar” o sistema:

Desligue o PC e dê um novo boot, mas agora usando o live-CD do Clonezilla, que você pode baixar no: http://clonezilla.org/clonezilla-live.php

Existem versões tanto para serem gravadas em CD quanto em um pendrive e até mesmo uma imagem para ser inicializada através da rede, escolha a que for mais prática no seu caso. Você vai precisar também de um HD externo ou de um pendrive para armazenar a imagem final (é possível também usar um compartilhamento de rede, o que pode ser mais prático em um laboratório com várias máquinas).

Na tela de boot do sistema, defina a linguagem e o layout do teclado, para então finalmente inicializar o sistema no terceiro menu. Ao usar um HD externo, use a opção “device-image” e “local-dev” para salvar a imagem do sistema. Usando o “beginner mode” você precisa apenas usar a opção “savedisk” (para criar uma imagem do HD inteiro) ou “savepart” (para salvar apenas a partição de instalação do sistema) e dê um nome à imagem. Selecione o destino e siga as confirmações até que a imagem seja criada.

Na hora de instalar em outros PCs, basta repetir o processo, dando boot através do CD e usando a opção de restaurar a imagem. Ao usar a opção “save disk” você pode restaurar a imagem em HDs maiores que o inicial, mas o espaço adicional aparecerá como espaço não particionado, e você precisará editar a tabela de partições para criar ou redimensionar as partições de forma a usá-lo. Usando a opção “save partition” seu trabalho será um pouco mais longo, pois você precisará particionar o HD de destino manualmente e restaurar o boot antes de conseguir inicializar a imagem restaurada.

 

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X