NX x VNC

Existem muitas diferenças na forma como o NX e o VNC trabalham. No VNC, a sessão fica aberta mesmo depois de fechar a janela, o que permite que você continue trabalhando na mesma sessão, mesmo depois de ir para outro micro. No NX, é possível se reconectar a uma sessão suspensa apenas a partir do mesmo cliente.

No VNC é preciso rodar o comando “vncserver” no servidor (o que remotamente é geralmente feito conectando primeiro via SSH), para abrir cada sessão, e o comando “vncserver –kill :1” (onde o :1 é o número da sessão), para fechá-la, tudo feito manualmente. No NX, o servidor principal fica residente e as sessões vão sendo abertas automaticamente, conforme os usuários se conectam. Cada usuário loga-se usando seu próprio login e senha.

O VNC não oferece suporte a antialiasing de fontes e outros recursos gráficos, o que faz com que a qualidade da imagem não seja a mesma que ao usar a máquina localmente. No NX esses recursos são melhor suportados.

Versões antigas no VNC tinham problemas com a acentuação em teclados ABNT, isso foi resolvido nas versões recentes. No NX a configuração do teclado é independente do servidor, você pode configurar o teclado no servidor da forma que for necessária, pois vale a configuração do cliente.

O VNC trabalha tirando screenshots da tela e compactando as imagens antes de enviar via rede. Ao chegar no cliente, as imagens precisam ser descompactadas, montadas e só então exibidas na tela. É preciso que tanto o servidor quanto o cliente sejam relativamente rápidos (600 MHz ou mais) para obter uma boa velocidade. O NX usa o sistema de comunicação do X, combinado com compactação e encriptação via SSH, uma combinação que consome bem menos processamento, tanto no cliente quanto no servidor. O requisito mínimo nos clientes seria algo como um Pentium 100.

No VNC não existe encriptação dos dados, você pode usar um túnel via SSH para obter uma conexão segura (como vimos a pouco), mas isso torna a conexão mais lenta e a configuração mais trabalhosa. O NX já oferece encriptação nativamente, embora seja possível desabilita-la para diminuir um pouco o uso de recursos do sistema.

O VNC não oferece nenhum sistema para transferir arquivos entre o servidor e o cliente (algumas versões, como o Real VNC, incluem módulos de transferência de arquivos, mas esta não é uma função nativa do protocolo). É preciso então manter um servidor FTP, SSH, Samba ou NFS aberto para isso. No NX é possível usaro “Enable SMB print and file sharing”, disponível nas configurações para compartilhar pastas entre o servidor e o cliente, ou simplesmente usar o próprio SFTP (já que ao utilizar o NX, você está utilizando também o SSH) para transferir arquivos. Em ambos os casos, os dados são transferidos aproveitando a sessão encriptada do SSH.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X