Monitores, parte 2

Monitores, parte 2

Clique aqui para ler a primeira parte

Em 1987 a IBM lançou o padrão de vídeo VGA, que permitia o uso de 640×480 com 256 cores. Com o passar dos anos, surgiram os padrões SVGA (800×600), XGA (1024×768), SXGA (1280×1024) e assim por diante, usados pelos monitores atuais. Apesar disso, o mesmo conector VGA analógico (Mini D-Sub) de 15 pinos continua sendo utilizado até hoje.

O grande problema é que os monitores CRT foram eventualmente substituídos pelos monitores LCD, que são digitais por natureza. Para manter compatibilidade com as placas antigas, eles (monitores) incluem conversores analógico/digital, que além de encarecerem os aparelhos, reduzem a qualidade da imagem.

Para resolver o problema, foi criado o padrão DVI (Digital Visual Interface), que permite que o sinal seja transmitido de forma digital da placa de vídeo até o monitor, eliminando a necessidade de fazer a conversão digital > analógico > digital, que causa degradação da imagem.

Existem diversos sub-padrões dentro do DVI. A maioria das placas utilizam conectores DVI-I, que mantêm a compatibilidade com os monitores antigos, oferecendo simultaneamente o sinal digital e o analógico. Isso permite que você conecte um monitor analógico em uma placa de vídeo com saída DVI-I utilizando um adaptador simples:

m23bc250a

O conector DVI utiliza 29 pinos. Destes, os pinos 8, C1, C2, C3, C4 e C5 são usados para transmitir o sinal analógico usado pelos monitores antigos, enquanto os demais transmitem o sinal digital, como você pode ver no diagrama:

624478de

A maioria das placas de baixo custo ainda oferecem um conector DVI e um VGA. Entretanto, um número cada vez maior de placas passam a vir com dois conectores DVI, ou dois DVI e um HDMI, tornando necessário o uso do adaptador para conectar monitores com saída VGA. É bom ter sempre um ou dois deles à mão, já que as saídas VGA estão se tornando cada vez mais raras em placas de vídeo novas, mas os monitores ainda continuarão sendo usados por muito tempo.

Outra situação em que você vai precisar de adaptadores é ao usar dois monitores, utilizando o TwinView. O principal motivo de tantas placas oferecerem dois conectores DVI e nenhum VGA é que você pode utilizar os adaptadores para conectar monitores VGA nas saídas DVI, mas não existem adaptadores para ligar um monitor DVI em uma saída VGA.

O TwinView é suportado também no Linux através dos drivers binários da nVidia. Basta executar (como root) o comando “nvidia-xconfig –twinview” para que ele detecte os monitores e gere a configuração e em seguida ajustar as opções desejadas através do nvidia-settings:

m73652fbf

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X