Segurança e firewall

Em seguida temos a aba “Segurança”, que inclui a configuração do firewall, configuração das permissões e opções de segurança do sistema e, também, um sistema de controle parental, onde você pode bloquear o acesso a determinados sites, ou criar uma lista branca de sites permitidos. As restrições são aplicadas através de regras de firewall, sem que seja necessário instalar o Squid e o SquidGuard, que são os serviços tradicionalmente usados para a terefa:

m1c5066b

A opção “Configurar o nível de segurança e auditoria” abre o DrakSec, que permite ajustar um grande volume de permissões de segurança, que vão desde o nível padrão de segurança (o mesmo que é definido durante a instalação) até as permissões de acesso para as configurações do sistema, que são definidas na última aba (a “Autenticação”).

Através dela, você pode liberar a configuração do vídeo ou da rede para os logins de usuário do sistema, de forma que você possa alterá-las posteriormente usando seu login normal de usuário, sem precisar fornecer a senha de root, por exemplo:

51dbec2a

A opção “Ajuste fino de permissões do sistema” abre o DrakPerm, que permite ajustar as permissões de acesso individuais dos principais diretórios, arquivos de configuração e executáveis do sistema. É através dele que você alteraria as permissões do arquivo “/etc/resolv.conf” de forma a poder alterar os servidores DNS usados sem precisar se logar como root, ou alteraria as permissões dos diretórios home de forma que um usuário não pudesse ver os arquivos do outro, por exemplo.

O DrakFirewall (Configurar seu firewall pessoal) por sua vez, permite cuidar da segurança contra acesso externos, desabilitando serviços e fechando portas. Ele é um wizard bem simples de usar, que permite definir uma lista de serviços que você deseja manter ativos (web, FTP, compartilhamento de arquivos via Samba, etc.) e desabilita todos os demais.

Finalmente, temos a aba “Inicialização”, que permite alterar o gerenciador de login, ativar ou desativar o login automático e também trocar o tema visual da tela de splash exibida durante o boot:

f24f60a

O “Configurar qual sistema será inicializado” é na verdade o configurador do gerenciador de boot, que permite editar a configuração do grub, adicionar novos sistemas e alterar o sistema padrão.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X