Cadastrando sites e clientes

As funções que você utiliza no dia-a-dia estão agrupadas dentro da aba “ISP Manager“. É através dela que você pode cadastrar clientes e criar novos sites. Opcionalmente, você pode também cadastrar revendedores (resellers), que poderão revender os planos, cadastrando os sites e clientes diretamente:

index_html_500291ec

Tanto os clientes quanto os revendedores tem acesso a versões limitadas do painel. Um revendedor pode cadastrar novos clientes e sites, sem acesso às opções administrativas, enquanto um cliente pode configurar as opções relacionadas a seus sites, criar contas de e-mail e criar bases de dados, sem ter acesso às demais opções. Nos três casos, o acesso é feito através da mesma interface de administração; mudam apenas as permissões do login de acesso.

Ao cadastrar um novo cliente (“New client”), a opção “Title” indica o nome com o qual ele aparecerá no menu à esquerda, enquanto as opções “Group” e “Folder” indicam em qual grupo e qual pasta ele será incluído. Estas três opções são apenas para sua própria organização:

index_html_m4e370794

A aba “Master Data” inclui as informações gerais (nome, empresa, e-mail, endereço, etc.), a aba “Login” define o login e senha de acesso (que o usuário utilizará para se logar na interface do ISPConfig), a aba “Bill” inclui opções relacionadas ao pagamento, enquanto a “Statistics” mostra detalhes sobre o volume de tráfego usado.

O principal vai na aba “Site Management”, onde você cadastra os sites relacionados ao cliente. Um mesmo cliente pode possuir vários sites, cada um configurado com opções diferentes (é possível também transferir sites já configurados de um cliente para outro usando a opção “Tools > Move Websites):

index_html_m4492da4d

Ao cadastrar cada site, você pode definir os recursos que ficarão disponíveis (se o cliente poderá usar Script PHP ou CGI, por exemplo), o volume de espaço disponível, a quota de tráfego e assim por diante. Vamos então a um resumo das opções disponíveis:

index_html_16215258

A opção “hostname” indica a parte do endereço que será usada antes do domínio do site. No caso de um site, usamos o “www”, mas você pode usar prefixos como “ftp” ou “pop3” se o cliente vai usar a conta apenas para disponibilizar arquivos via FTP ou para hospedar contas de e-mail, por exemplo.

A opção “Domain” indica o domínio do site, que deve ter sido previamente registrado por você, ou pelo usuário. Marque as opções “Create DNS” e “Create DNS-MX” para que o ISPConfig se encarregue da configuração do domínio no Bind. Como de praxe, você deve ter dois servidores, ou um único servidor com dois endereços IP, e especificar os endereços ao cadastrar os domínios no Registro.br ou outra entidade de registro.

Continuando, a opção “Space MB” indica o volume de espaço em disco (é necessário que o suporte a quotas esteja ativo), enquanto a “Traffic MB” indica a quota de tráfego. Hoje em dia, todas as empress de hospedagem fazem overselling, ou seja, vendem planos com mais espaço em disco e com quotas de tráfego maiores do que os HDs e os links dos servidores realmente suportam, operando dentro da idéia de que poucos usuários realmente usam toda a quota. Essa é uma forma de otimizar o uso dos recursos disponíveis, mas torna necessário monitorar cuidadosamente o espeço em disco e o uso do link, para que os recursos disponíveis nunca se esgotem.

A opção “Traffic Exceedance” indica o que deve ser feito quando o site ultrapassa o limite de tráfego estabelecido. O valor “suspend” faz com que a conta seja automaticamente suspensa (o pode fazer você perder o cliente), enquanto a “notify” mantém o site no ar, enviando um aviso ao administrador para que ele decida o que fazer (cobrar o tráfego adicional separadamente, por exemplo). Para desativar os limites, use o valor “-1”.

A opção “Max User” indica o número de contas de e-mail, enquanto a “Max. Domain” define o número de domínios ou sub-domínios que o usuário pode cadastrar através do seu painel de controle. Isso permite que o usuário registre domínios adicionais, criando endereços alternativos para acesso ao site, caso desejado.

Estas são apenas as opções principais. Rolando a página temos mais 16 opções, que definem os recursos que ficarão disponíveis para o site:

index_html_47ad8e5a

Os recursos mais básicos são o suporte a PHP (PHP Scripts), acesso via FTP para upload de arquivos (FTP Access) e acesso ao servidor MySQL. Note que você pode definir o número de bases de dados que o usuário poderá criar através da opção “Number of Databases” (normalmente são permitidas pelo menos duas, permitindo a instalação de um gestor de conteúdo e de um fórum, por exemplo). O próprio usuário pode criar as cases de dados através do seu painel restrito, sem precisar ficar pedindo para que você crie manualmente.

O acesso ao shell (Shell Access) e o uso de scripts CGI (GCI Scripts) devem ser ativados apenas para usuários de confiança e apenas em casos em que realmente sejam necessários, já que podem colocar a segurança do servidor em risco. Com acesso ao shell do servidor, um usuário com conhecimentos técnicos poderia reunir um grande volume de informações sobre a configuração (facilitando a formulação de ataques) ou mesmo explorar eventuais brechas de segurança local para obter privilégios de root.

Para facilitar o cadastramentos dos sites, você pode criar pacotes de serviços através da opção “Hostingplan”. Nesse caso, você pode ter pacotes incluindo diferentes combinações de recursos, espaço de hospedagem e tráfego de dados, escolhendo qual plano usar ao cadastrar cada site:

index_html_47dea8b8

Você pode também adicionar revendedores ou parceiros através da opção “New Reseller”. Eles ganham um login de acesso à interface e podem cadastrar clientes e criar novos sites diretamente. É possível estabelecer um limite para o número de clientes que podem ser cadastrados por cada revendedor, assim como ativar ou desativar recursos e limitar o espaço em disco total usado por ele, de acordo com a situação.

Desativando o uso de scripts CGI para o revendedor, por exemplo, ele não terá como oferecer o recurso ao cadastrar os sites. Isso permite que você libere recursos para os revendedores de acordo com os planos de hospedagem que eles forem vender.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X