Instalação do Half Life / CS

Mude para o diretório onde está o arquivo SteamInstall.exe, e rode-o a patir do Wine:

$ wine SteamInstall.exe

A instalação deverá ocorrer normalmente, porém, se falhar em 27%, siga os procedimentos abaixo:

$ wine SteamTmp.exe SelfUpdate “C:Program FilesSteamSteam.exe” 14
# killall wine
# killall wine-preloader
# killall wineserver
$ wineboot

Vamos abrir agora o configurador do Wine e efeturar algumas verificações:

$ winecfg

No winecfg, certifique-se que a opção “Allow Pixel Shader“, na aba “Graphics“, esteja desativada, pois ela não ajudará muito na execução do Half-Life e de jogos 3D. Ao mesmo passo, verifique se todas as outras, excluindo a “Emulate a virtual desktop”, estejam ativadas, pressionando Ok no final:
111
Para instalar o Half-Life 2 ou CS Source via CD, simplesmente rode o comando abaixo, especificando o local que está o arquivo steam.msi:

$ wine msiexec /i /caminho/para/HL2/steam.msi

E a instalação se iniciará:
1120

Instalando o DCOM98 e Windows Installer

Esta etapa não é necessária caso esteja utilizando a última versão do Wine. A equipe de desenvolvimento, em suas versões maiores que 0.9.17, incluiu APIs que já cuidassem “nativamente” das mesmas funções que o DCOM98 e o MSI (Windows Installer), além do Mozilla ActiveX Control, outro add-on dispensável para as novas versões (acima de 0.9.19), já que o Wine traz uma implementação avançada de navegação. Porém, se notar algum erro na execução do jogo, siga os passos a seguir.

Baixe o DCOM98 e instale-o, usando os comandos:

$ wget -c http://download.microsoft.com/download/d/1/3/d13cd456-f0cf-4fb2-a17f-20afc79f8a51/DCOM98.EXE
$ WINEDLLOVERRIDES=”ole32=n” wine dcom98.exe

E, para o Windows Installer, necessário para o Half-Life 2, execute:

$ wget -c http://download.microsoft.com/download/WindowsInstaller/Install/2.0/W9XMe/EN-US/InstMsiA.exe
$ wine InstMsiA.exe

Após esses procedimentos, adicione os EXE e DLL nas configurações do Wine, abrindo o seu utilitário:

$ winecfg

Em seguida, vá até a aba “Libraries“, e em “New override for library“, digite “msi”, sem aspas, e clique em “Add“. Faça o mesmo para “msiexec.exe”:
110

Login

Inicie o Steam a partir do Menu K > Wine > Steam, ou se preferir, abra um terminal, vá até o local onde está instalado, como /home/user/.wine/drive_c/Program Files/Steam/Steam.exe, e execute com o Wine:

$ wine Steam.exe

Se algum erro for observado, adicione a string WINEDEBUG=”fixme-all” na frente do comando, eliminando a tentativa do Wine de colocar as mensagens FIXME na tela.

$ WINEDEBUG=”fixme-all” wine Steam

Com as últimas versões do Half Life e do Wine, o jogo e seus mods funcionarão normalmente, e rapidamente para um ambiente não-nativo.

Quando chegar na tela do login e não conseguir digitar o mesmo, clique com o botão direito na caixa de edição do login, próximo ao botão do Steam, e clique com o botão esquerdo nele novamente para fazer o menu desaparecer, podendo digitar normalmente seu login após estes passos.

Pode ser que, por causa dos processos carregados pela máquina, a execução do jogo começe a dar umas travadas. Se você notar alguma lentidão no Half Life 2 mesmo tendo um computador parrudo, rode o comando

# promptnice -n -20 wine “/caminho/para/Steam/”

Colocando o caminho apropriado para o mesmo. Isso fará com que seu processador execute o jogo com prioridade maior, aumentando a performance.

Comandos

Com o Steam antigo, o Half Life executava seus mods a partir do comando “hl.exe -game XXXXXXX”, trocando os X pelo nome da modificação. Na nova versão, terá que rodar “Steam.exe -applaunch NN“, trocando o NN pelo número correspondende:

Half-Life Mods:

  • cstrike – applaunch 10
  • tfc – applaunch 20
  • dod – applaunch 30
  • dmc – applaunch 40
  • op4 – applaunch 50
  • ricochet – applaunch 60
  • valve – applaunch 70
  • czero – applaunch 80

Half-Life 2 Mods:

  • cstrike – applaunch 240
  • dod – applaunch 300
  • hl2mp – applaunch 320

Você pode substituir tudo isso por meio de um script. Para isso, abra o Kedit ou outro editor, como root, para o arquivo /usr/local/bin/halflife ou o nome preferido para seu HL2/CSSource:

# kedit /usr/local/bin/halflife

E adicione o texto abaixo, trocando as entradas modificáveis de acordo com a configuração do seu computador:

#!/bin/bash

WINEDEBUG=fixme-all wine C:/Program Files/Steam/Steam.exe -fullscreen -width 1024 -height 768 -applaunch 220 -heapsize 512000 +map_background none “$@”

O comando acima irá rodar o Half Life 2 (-applaunch 220) com alocação de memória em cerda de 500MB (-heapsize 512000), e o Half Life 2 irá abrir sem o fundo 3D no menu pricipal (+map_background none). Você pode colocar a variante que desejar:

  • -heapsize [Kilobytes]: Aloca a quantidade desejada de memória RAM exclusivamente para o jogo. O padrão é 64 MB, porém, com os computadores atuais, você poderá aumentar tranquilamente, de acordo com sua máquina;
  • -console: Aumenta a velocidade do Half Life 2 na inicialização não carregando o fundo 3D do menu principal, carregando uma imagem escura com o console aberto. Você pode fechá-lo pressionando o botão ‘~’ do seu teclado;
  • -width [pixels]-height [pixels]: Usa uma relosução personalizada, por exemplo, 640×480. Nâo se esqueça de colocar números válidos, na proporção comum de 4/3 (largura/altura);
  • -dxlevel [versão]: Força o Half Life a usar determinada versão de DirectX. Por exemplo, use -dxlevel 70 para forçar um nível de hardware DirectX7.0. Isso significa que, conforme abaixa a versão a qualidade diminui, mas a performance aumenta. São disponíveis a opção -dxlevel 81 e -90;
  • -refresh [Hz]: Altera a frequência do monitor durante o jogo. Use com cuidado, pois se usado incorretamente poderá danificar seu monitor;
  • -novid: Desabilita o vídeo de abertura, aumentando a velocidade de carregamento;
  • -login usuário senha: Pula a tela de login, já autenticando via comando.

Após salvar o arquivo, transforme-o em executável, com o comando:

# chmod +x /usr/local/bin/halflife

Onde você pdoe alterar o nome do arquivo para qual deseja. A partir deste procedimento, para executar o jogo, basta digitar “halflife” ou o nome desejado no terminal ou no Alt+F2. Você ainda poderá editar as entradas do Wine no Menu K, simplesmente trocando o caminho do executável para o caminho ‘halflife’.

Veja algumas telas de usuários rodando o Steam pelo Wine:
shot1

shot2

shot3

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X