Configuração das impressoras nos clientes

Além da configuração mais simples, outra vantagem de compartilhar através do Cups é que as impressoras podem ser configuradas automaticamente nos clientes Linux, sem necessidade de qualquer configuração manual. Basta manter a opção “browsing” ativa na configuração do Cups (/etc/cups/cupsd.conf) nos clientes, como em:

LogLevel warning
SystemGroup lpadmin
Listen localhost:631
Listen /var/run/cups/cups.sock
Browsing On
BrowseOrder allow,deny
BrowseAllow @LOCAL
BrowseAddress @LOCAL

A opção “browsing” faz com que os clientes Linux da rede reconheçam automaticamente a impressora compartilhada e a configurem automaticamente durante o boot, sem necessidade de nenhuma intervenção manual. É um recurso bastante interessante: você dá boot usando uma distribuição Live-CD no cliente, manda imprimir qualquer coisa e o trabalho é direcionado de forma automática para a impressora compartilhada no servidor, sem que você precise fazer nada para configurá-la.

Funciona mais ou menos assim: durante o boot, o cliente manda um broadcast para a rede, perguntando se alguém está compartilhando impressoras. O servidor responde que está compartilhando a “e230” e aproveita para transmitir detalhes, como o modelo e driver usado pela impressora, configuração de impressão, etc. Como ambos estão rodando o Cups, significa que o cliente usa o mesmo conjunto de drivers de impressão do servidor; isso permite que ele simplesmente configure a impressora usando as informações recebidas, sem precisar perguntar nada ao usuário. O pacote de broadcast é reenviado periodicamente pelo cliente, permitindo que impressoras recentemente compartilhadas sejam descobertas.

Caso existam mais impressoras na rede, você pode escolher qual usar nas preferências de impressão do cliente. É um recurso que funciona surpreendentemente bem.

5d30423c

Caso você precise adicionar a impressora manualmente, abra o kaddprinterwizard (ou outro utilitário de configuração disponível no cliente) e selecione a opção “Remote Cups Server”. Forneça o endereço IP do servidor na rede local (ex: 192.168.1.10) e a porta onde o Cups está escutando, que por padrão é a 631.

Isso mostrará uma lista das impressoras disponíveis no servidor. Basta escolher a que será usada, apontar o driver que será usado e configurar as opções da impressora (papel, qualidade de impressão, etc.).

m66343948

Nos clientes Windows, a configuração é semelhante. Eles não suportam o recurso de configuração automática, por isso é preciso adicionar a impressora manualmente através do “Painel de Controle > Impressoras” e fornecer o CD com os drivers.

Vamos por passos. Comece abrindo o navegador e acessando a página de administração do Cups no servidor. Ela fica disponível através do http://ip-do-servidor:631.

Dentro da interface, acesse a opção “Manage Printers” e clique no link da impressora que será usada. Você verá um endereço, como “http://192.168.1.1:631/printers/e230“, na barra do navegador. Este é o endereço “completo” da sua impressora, que vamos usar na instalação.

De volta ao “Painel de Controle > Impressora”, clique no “Adicionar Impressora” e marque a opção “Impressora de rede“. Selecione a opção “Conectar-se a uma impressora na internet ou na intranet” e preencha o campo “URL” com o endereço completo da impressora (o “http://192.168.1.1:631/printers/e230” que anotamos no passo acima).

Se você estiver usando o Windows 2000 sem o Service Pack 2 ou o XP sem atualizações, ele vai mostrar um erro estúpido, dizendo que não é possível se conectar à impressora, mas isso é esperado. Dê ok e volte à tela inicial. Marque agora a opção “Impressora local” e deixe marcado o “Detectar e instalar automaticamente impressora Plug and Play”. Ele dará outro erro, simplesmente confirme e diga que quer indicar a impressora manualmente. Você verá que, apesar dos erros, a impressora aparecerá disponível no final da lista. Basta selecioná-la e continuar com o processo normal de instalação da impressora, fornecendo o CD de drivers, etc.

Se você tem um servidor de impressão problemático na sua rede, que precisa ser reiniciado várias vezes ao dia, etc., recomendo que experimente substituí-lo por um servidor de impressão Linux. O Cups é um servidor de impressão bastante sólido e que utiliza poucos recursos da máquina. Isso permite que você utilize até mesmo uma máquina antiga como servidor de impressão.

Lembre-se de que qualquer tipo de compartilhamento de rede é sempre um risco potencial de segurança. Se você for ativá-lo em um micro simultaneamente conectado à internet e à rede local, não se esqueça de habilitar o firewall, abrindo apenas para os endereços da rede local.

O suporte a impressoras de rede compartilhadas no Cups foi incluído apenas a partir do Windows 2000. Para usar este recurso no Windows 95, 98 ou ME, você deve instalar o “Internet Printer Services”, uma atualização disponibilizada pela Microsoft, que você pode baixar em:
http://www.microsoft.com/windows98/downloads/contents/WUPreviews/IPP/Default.asp

Depois de reiniciar, acesse o “Painel de Controle > Impressora”, clique no “Adicionar Impressora” e marque a opção “Impressora de rede”. Coloque o endereço da impressora (http://192.168.1.1:631/printers/e230, por exemplo) no lugar do caminho para a impressora e forneça o driver.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X