Compartilhando impressoras através do Cups

Ao compartilhar impressoras, o Samba atua mais como um spool de impressão do que como um servidor propriamente dito, já que o trabalho pesado é na verdade feito pelo servidor Cups rodando abaixo dele. O Samba se limita a
receber os trabalhos de impressão enviados pelos clientes e repassá-los ao servidor de impressão.

Se você está configurando um servidor Samba, é natural usá-lo para compartilhar também as impressoras, já que o Samba oferece diversas opções de controle de acesso e outras opções avançadas. Entretanto, o próprio Cups possui
um recurso nativo de compartilhamento de impressoras, que além de atender outras máquinas Linux (como seria de se esperar) permite que as impressoras sejam usadas também pelos clientes Windows, de uma forma bastante simples.

Para habilitar o compartilhamento, edite o arquivo “/etc/cups/cupsd.conf” (no servidor), deixando-o com o seguinte conteúdo:

Port 631
Listen 631
Browsing On
BrowseAllow All
BrowseInterval 30
BrowseAddress @LOCAL
BrowseInterval 30

<Location />
Order allow,deny
Allow all
</Location>

<Location /printers>
Order allow,deny
Allow all
</Location>

<Location /admin>
Encryption Required
Order allow,deny
Allow localhost
</Location>

<Location /admin/conf>
AuthType Basic
Require user @SYSTEM
Order allow,deny
Allow localhost
</Location>

Veja que a seção “<Location /printers>” dentro do arquivo (que define as permissões de acesso às impressoras) fica com permissão de acesso para todo mundo, enquanto o utilitário de administração do Cups (<Location
/admin>) continua acessível apenas localmente, através do endereço http://127.0.0.1:631.

No caso do Ubuntu e do Kubuntu é necessário um passo adicional. Os desenvolvedores optaram por mudar a configuração padrão, mantendo a porta utilizada pelo servidor Cups aberta apenas para o
localhost, de forma que precisamos abrí-la para que os demais hosts da rede possam imprimir. A configuração de portas vai num arquivo separado, o “/etc/cups/cups.d/ports.conf”. Edite-o, substituindo a linha:

Listen localhost:631

Por:

Listen 631

Até aqui, não estamos impondo nenhum tipo de restrição, por isso contamos com o firewall para bloquear qualquer tentativa de impressão proveniente de micros da Internet. Você pode também fazer o compartilhamento de uma forma
mais segura, especificando manualmente a faixa de endereços da rede local, ou mesmo especificando individualmente os endereços IP que poderão imprimir. Neste caso, as seções <Location /> (onde vai a configuração que permite aos clientes verem as
impressoras disponíveis) e <Location /printers> ficaria:

<Location />
Order Deny,Allow
Deny From All
Allow From 127.0.0.1
Allow From 192.168.1.*
</Location>

<Location /printers>
Order Deny,Allow
Deny From All
Allow From 127.0.0.1
Allow From 192.168.1.*
</Location>

Não se esqueça de incluir o endereço “127.0.0.1” na lista. Caso contrário, todo mundo vai imprimir na impressora, menos você mesmo. 🙂

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X