Temas e suporte aos aplicativos do GNOME e KDE

O Fluxbox possui suporte a alguns temas, estes acessíveis através do menu do botão direito no desktop. Entretanto, temas adicionais podem ser encontrados nos seguinte sites:

http://fluxbox.sourceforge.net/themes.php
http://box-look.org/

Após baixados, os temas devem ser extraídos/movidos para a pasta “styles“, dentro de “~/.fluxblox/“. Após colocar o tema lá, acesse novamente o menu, e aplique o tema:

Se caso a fonte ficar pequena, o que pode acontecer perfeitamente, abra o arquivo de configuração “theme.cfg“, localizado dentro da pasta do tema escolhido. Edite o tamanho da fonte na linha:

*font: kroeger 05_55 caps-11.

Vale lembrar que o tamanho da fonte, neste caso, é o “11“, localizado a frente da expressão “caps“. Salve e pronto.

Maior compatibilidade do GNOME

Várias pessoas gostam de usar o Nautilus, temas do GNOME, ou até mesmo o painel do GNOME dentro do Fluxbox. Para ter a maioria dos aplicativos e recursos do GNOME funcionando perfeitamente, adicione o conteúdo abaixo ao seu arquivo “startup“:

GSDPID=`pidof gnome-settings-daemon`
if [ "x$GSDPID" == "x" ]; then
    gnome-settings-daemon &
fi

Isso tratará de carregar o daemon de configurações do GNOME.

Troca de temas GTK e QT

Embora você esteja no Fluxbox, provavelmente via querer definir temas para seus aplicativos em GTK e QT, já que o Fluxbox não oferece um utilitário para isso.

Para alterar o tema e fonte de seus aplicativos em GTK, instale o pacote “gtk-theme-switch“, e chame o aplicativo, que muda ligeiramente o nome do pacote: “gtk-theme-switch2“:

Para os baseados em QT, basta instalar o pacote “qt3-config” ou “qt4-config“, dependendo do aplicativo, e chamar o comando “qtconfig“:

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X