Juniper e Redwood, as versões de baixo custo

Mesmo produzido em uma técnica de 40 nm, o RV870 ocupa uma área de 334 mm², o que o torna um chip bastante caro de se produzir. Isso não foi um problema no caso da HD 5870, que foi lançada na faixa dos US$ 300, mas se tornou um empecilho quando chegou a hora de lançar versões de baixo custo. A solução foi o Juniper, uma versão reduzida do Cypress, com apenas 800 unidades de processamento.

Ele é basicamente uma versão de 40 nm do RV770, que incorpora o suporte ao DirectX e as demais melhorias técnicas do Cypress, mas por outro lado migra para um barramento de apenas 128 bits com a memória:

ATI Radeon HD 5770: 800 SPs, 1 GB de memória GDDR5, bus de 128 bits, clocks de 850 MHz (GPU) e 1.2 GHz (4.8 GHz efetivos) para a memória. TDP de 108 watts.

ATI Radeon HD 5750: 720 SPs, 512 ou 1 GB de memória GDDR5, bus de 128 bits, clocks de 700 MHz (GPU) e 1.15 GHz (4.6 GHz efetivos) para a memória. TDP de 86 watts.

O barramento mais estreito prejudica o desempenho, fazendo com que as placas fiquem entre 5 e 10% atrás das Radeon HD 4870 e 4850, apesar do clock mais alto. Por outro lado, a faixa de preço das duas famílias é bem diferente, já que as 48xx são as placas de alto desempenho da família anterior, enquanto as 57xx são as placas mid-range da geração atual.

Descendo para as placas de baixo desempenho, temos o Redwood, mais uma versão reduzida, agora com apenas 400 SPs, 20 unidades de processamento de texturas, 8 ROPs e um barramento de 128 bits com a memória:

7ecce28d

Diagrama de blocos do Redwood

Ele deu origem às três caçulas da família, destinadas a substituírem as HD 4670 e 4650. As três mantém o barramento de 128 bits com a memória, mas se diferenciam pelos clocks e pelo tipo de memória usada.

A 5670 mantém o uso de memórias GDDR5, o que resulta em uma relação entre memória e processamento muito mais favorável que na 5770. O grande problema é que ela é também a mais cara entre as três, o que faz com que ela não seja necessariamente o melhor negócio. A 5570 migra para as memórias DDR3, o que permite reduzir consideravelmente os custos. Ela é mais lenta, mas não é de todo ruim, já que a diferença de preço entre ela e a 5670 é relativamente grande. Existe uma diferença de 125 MHz na frequência da GPU, mas é possível anulá-la facilmente via overclock.

Finalmente temos a 5550, que atende aos fabricantes interessados em produzir placas com memórias DDR2. Ela tende a desaparecer logo no mercado, pois a diferença de desempenho em relação à 5570 é muito grande e as memórias DDR2 estão saindo de produção.

ATI Radeon HD 5670: 400 SPs, 512 ou 1 GB de memória GDDR5, bus de 128 bits, clocks de 775 MHz (GPU) e 1.0 GHz (4.0 GHz efetivos) para a memória. TDP de 61 watts.

ATI Radeon HD 5570: 400 SPs, 512 ou 1 GB de memória DDR3, bus de 128 bits, clocks de 650 MHz (GPU) e 900 MHz (1.8 GHz GHz efetivos) para a memória. TDP de 42 watts.

ATI Radeon HD 5550: 320 SPs, 512 ou 1 GB de memória DDR2, bus de 128 bits, clocks de 550 MHz (GPU) e 400 MHz (800 MHz efetivos) para a memória. TDP de 34 watts.

Assim como no caso das outras placas da família, as três placas suportam o Eyefinity, com suporte a até três monitores simultâneos. O grande inconveniente é que elas oferecem três interfaces diferentes (DVI dual-link, HDMI e DisplayPort), demandando o uso de adaptadores.

4d868cf7

Radeon HD 5670

A AMD se aproveitou do marketing em torno do DirectX 11 para manter os preços das placas da nova família altos em relação aos das Radeon HD 48xx e 47xx, o que fez com que inicialmente elas não fossem escolhas tão boas, já que você podia comprar as placas da geração anterior por muito menos. Como sempre, é apenas uma questão de tempo até que os estoques se esgotem e os preços voltem ao normal. Você pode ver um bom conjunto de benchmarks no:

Concluindo, temos a Radeon HD 5450, uma placa “tapa-buraco”, que oferece apenas 80 SPs, com um desempenho próximo do nível das placas integradas. O desempenho 3D é muito baixo para qualquer um interessado em jogos (no nível do da Radeon HD 4550), mas ela cumpre a velha função de ser uma opção barata para quem quer montar um home-theater, aproveitando apenas os recursos de decodificação de vídeo e suporte a Bru-ray e LPCM.

Ao contrário do que poderia se esperar, ela não é baseada em versões castradas no Redwood, mas sim no Cedar, uma versão reduzida do chip, com apenas 292 milhões de transistores e uma área de 59 mm².

ATI Radeon HD 5450: 80 SPs, 512 ou 1 GB de memória DDR3, bus de 64 bits, clocks de 650 MHz (GPU) e 800 MHz (1.6 GHz efetivos) para a memória. TDP de 19 watts.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X