Conheça o Wayback Machine, ferramenta para você acessar versões antigas de sites

Por: William R. Plaza
Conheça o Wayback Machine, ferramenta para você acessar versões antigas de sites

Criada em 1969 com o nome de Arpanet, no auge da Guerra Fria, contexto totalmente militar, a internet só começou a ganhar uma similaridade com o que temos hoje a partir de 1995. Deste ano em diante a fase realmente comercial foi estabelecida. Antes disso a internet tinha um apelo somente no mundo universitário e tinha um modelo comercial bem rudimentar, num sistema considerado um antecessor da internet e que também tratava da conexão de pessoas num ambiente online, as BBs (Bulletin Board System).

A partir de 1995 todo mudou completamente. A internet entrou numa espera efetivamente profissional e comercial. Essa transição permitiu alavançar a adoção desse serviço que mudou e continuará mudando a vida das pessoas. Popularidade que jamais poderia ter sido alcançada sem a implementação do protocolo World Wide Web (WWW) de Tim Berness Less.

No Brasil, a responsável por comandar essa fase inicial de ouro da internet comercial foi a Embratel. De 95 pra cá muita coisa mudou na internet. Muitos dos serviços que você acessa hoje constantemente sequer existiam. Empresas que hojem “comandam” a web sequer existiam – Google e Facebook. E, obviamente, os sites que acessamos mudaram radicalmente.

Felizmente, ao mesmo tempo que avança, a web conserva seus momentos clássicos. É possível fazer uma verdadeira viagem no tempo para conferir como os sites foram evoluindo ao longo dos anos. Esse olhar no passado é possível através da ferramenta Wayback Machine, administrada pela Internet Archive, organização sem fins lucrativos que mantém um acervo da web.

Uma das características desse acervo é manter snapshots (capturas de tela) dos sites. Essas capturas ficam agrupadas nessa ferramenta chamada Wayback Machine, que pode ser acessada tanto por este link quanto também por uma extensão para o navegador Google Chrome. São mais de 418 bilhões de páginas catalogadas por essa ferramenta.

Como acessar o Wayback Machine

Para acessar essa máquina do tempo da internet é muito fácil. Vamos passar pelas duas formas. O acesso pelo site e também através da extensão para o Google Chrome.

Acesso pelo site

Em primeiro lugar vamos acessar o link da Internet Archive que vai direto para a Wayback Machine.

Agora basta que você digite no campo de busca da página o site que você gostaria de acessar histórico. Para este exemplo vou buscar o site em que você está lendo esta matéria, o Hardware.com.br (que anteriormente se chamava Guia do Hardware). No ar desde 1999! Após digitar a URL que você deseja consultar clique em “Browse History”.

WayBack Machine

Acontece então o redirecionamento para um histórico que reúne desde o primeiro mês e ano em que o Wayback Machine tem um print do site até os dias atuais. Cada site terá um número específico de prints computados. No caso do Hardware.com.br são 2,309 capturas.

Fiz uma consulta no ano de 2011. Pelo calendário no Wayback Machine os dias com snapshots registrados ficam marcados com um círculo. Basta clicar sobre ele para que a versão do site daquele ano seja exibida.

 

O mais legal é que você consegue interagir com a página, não é um elemento estático. É possível, por exemplo, clicar e ler uma matéria publicada no site no dia daquela captura.

Assim era o Hardware.com.br no dia 12 de dezembro de 2011.

Extensão do Wayback Machine para o Google Chrome

O Wayback Machine também conta com uma extensão oficial para o navegador Google Chrome. Clique aqui para acessar o link da Chrome Store e baixar a extensão.

WayBack Machine

Após adicionar a extensão ao Chrome basta realizar o mesmo procedimento que vimos com o site da Wayback Machine: digitar a URL do site preterido. Agora você tem algumas formas de acessar o conteúdo.

WayBack Machine

Ao clicar em first version você irá cair no primeiro snapshot registrado na Wayback Machine para aquele site. Já em “Recent Version” o redirecionamento será para a página mais recente. Recomendo o uso do botão “Overview”, através dele você acessa a cronologia completa do site e escolhe a captura de acordo com o dia e o ano, assim como fizemos mais acima. Muito legal, né? Fica a dica!

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário