Como fazer a Carteira de Motorista Digital?

Como fazer a Carteira de Motorista Digital?

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento obrigatório para todos os motoristas. Felizmente, desde 2017 é possível andar com a versão digital da CNH. Dessa forma, em caso de perda ou roubo da sua CNH física, você pode continuar dirigindo normalmente antes de tirar a segunda via da versão impressa.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) em parceria com o Serpro, lançou ainda em 2017 o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). É nele que fica a sua CNH digital. Ao longo do tempo o aplicativo foi sendo atualizado e hoje já comporta também a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), além de outras funções.

Fizemos este tutorial bem detalhado para que você consiga baixar a sua Carteira de Motorista Digital sem problemas. O procedimento é bem simples e qualquer pessoa pode fazer. Vamos ao passo a passo!

Atenção

Para baixar a CNH Digital é necessário que a versão impressa tenha o QR Code

Antes de começar o tutorial, certifique-se de que você possui a versão atual da CNH impressa. Ela possui um código QR na parte interna. Esse código é fundamental para que você consiga baixar a versão digital da carteira de motorista.

Se, por acaso, você não tiver a CNH com o código QR, infelizmente será necessário solicitar a segunda via no DETRAN da sua cidade. Assim que você receber a segunda via da carteira você poderá seguir com os passos abaixo.

Tutorial – Como baixar a CNH Digital

Passo 1. Primeiramente será necessário entrar no site acesso.gov.br para criar uma conta de acesso única do Governo. Ao entrar na página, digite o CPF no campo especificado e clique em “Avançar”.

Passo 2. Se você já tiver uma conta, é só inserir a senha. Se não lembrar da senha clique em “Esqueci minha senha”. Se ainda não tiver uma conta, basta seguir com os passos para criar uma: preencher os campos de dados pessoais, escolher uma forma de ativação de conta (e-mail ou SMS) e depois confirmar a ativação no canal escolhido.

Passo 3. Agora você deve baixar em seu smartphone o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que está disponível gratuitamente para Android e iOS (basta clicar nos links para baixar).

Passo 4. Abra o aplicativo CDT e entre com a sua conta gov.br (aquela que você acabou de criar). Talvez seja preciso validar o seu número de telefone. Se for o caso, basta inserir o código que será enviado por SMS.

Passo 5. Já na tela inicial do aplicativo, toque na opção “Habilitação” e, em seguida, na opção “Toque aqui para adicionar a sua CNH”.

Passo 6. Agora você deve cadastrar uma Chave de Acesso. Essa chave é uma senha com 4 dígitos numéricos. É essa chave que te dará acesso a todos os documentos que você quiser consultar no futuro. Quando definir a senha toque em “Cadastrar”. Você pode também escolher usar a biometria para como chave de acesso.

Passo 7. Neste passo você deve escolher a opção “Validação pelo celular (Validação facial)”. O aplicativo reconhece o seu rosto e o compara com a foto da sua CNH.

Passo 8. Agora você deve inserir o CEP da sua residência e depois apontar a câmera do celular para o código QR da CNH impressa.

Passo 9. O próximo passo é fazer a verificação biométrica, também através da câmera do celular. O aplicativo pede uma prova de vida. Então você deverá mexer a cabeça para os lados e piscar um dos olhos para provar que está vivo.

Passo 10. Se você não tiver validade o número do seu celular no começo você desenvolvedor validar agora. Para isso será necessário informar o número do celular e esperar pela mensagem de texto com o código de confirmação.

Prontinho! Seguindo esses 10 passos simples você já terá a Carteira Nacional de Habilitação Digital e não precisará mais andar com a versão física na carteira. O interessante é que o aplicativo CDT funciona até mesmo sem internet. Mas atenção: se você for parado em uma blitz e não portar a CNH impressa e o seu celular estiver descarregado, você levará uma multa e mais 3 pontos na carteira.

Funções adicionais

O aplicativo CDT ganhou várias novas funções desde seu lançamento

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito traz ainda uma série de outras funcionalidades. Por exemplo, além de conter a CNH digital, você pode ter também o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) na versão digital.

Para isso basta abrir o aplicativo CDT e tocar na opção “Veículos”. Daí você deve digitar o número do Renavam e de segurança do CRV, que antes era chamado de DUT. Por fim é só tocar em “Incluir” para ter também o CRLV digital. Bem simples e prático.

Outras funções do aplicativo CDT envolvem o aviso de vencimento da CNH digital. Dessa forma você não esquece de fazer a renovação. Caso você tenha um veículo que está passando por recall, o aplicativo também envia uma notificação informando do recall e dos problemas que o carro pode apresentar se você ignorar o reparo.

Através do aplicativo você pode também indicar o principal condutor do veículo. Até então, no caso de multas, quem levava a multa era o dono do carro. Agora, ao indicar o principal condutor do veículo, as multas e pontos na carteira vão direto para ele. Essa é uma ótima opção para os pais cujos filhos dirigem o carro da família.

E, por falar em multa, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito também permite que você consulte se tem alguma infração no seu nome. Ainda não é possível pagar, mas em breve o Denatran incluirá também a opção de pagar as multas diretamente do aplicativo. 

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X