Nvidia ultrapassa a Apple e se torna segunda empresa mais valiosa do mundo

Nvidia ultrapassa a Apple e se torna segunda empresa mais valiosa do mundo

A Nvidia, gigante do setor de chips, alcançou um marco impressionante ao se tornar a segunda empresa mais valiosa do mundo.

Na tarde de quarta-feira (05), a capitalização de mercado da Nvidia atingiu US$ 3,01 trilhões, superando a Apple, que está avaliada em US$ 3 trilhões. Este avanço notável destaca a posição dominante da empresa na corrida pela inteligência artificial (IA).

Leia também:

NVIDIA está distribuindo 3 meses grátis do Xbox Game Pass
G-Assist é o novo assistente de IA da Nvidia que dá dicas em jogos e otimiza o PC

A ascensão no mercado de IA

A Nvidia tem se destacado na corrida da IA com seu chip principal, o H100, impulsionando a empresa a novas alturas. Em maio de 2023, a Nvidia se tornou uma empresa avaliada em US$ 1 trilhão e, em fevereiro deste ano, ultrapassou a marca de US$ 2 trilhões. Essa trajetória de crescimento a tornou mais valiosa do que gigantes como Amazon e Alphabet.

Em maio, a empresa relatou um lucro impressionante de US$ 14 bilhões, resultado das vendas maciças de seus chips. Atualmente, a Nvidia só está atrás da Microsoft, que possui uma capitalização de mercado de US$ 3,15 trilhões.

Nvidia

As ações da Nvidia estão cotadas em mais de US$ 1.220 por ação, mas a empresa planeja dividir as ações no dia 7 de junho, uma estratégia que pode atrair ainda mais investidores.

Os aceleradores de IA da empresa dominam entre 70% e 95% do mercado de chips de IA, segundo a CNBC. Esse domínio é um reflexo da inovação contínua e da capacidade da empresa de atender à crescente demanda por tecnologia de IA. A Nvidia planeja lançar um novo chip de IA anualmente, começando com a GPU Blackwell B200, que deve ser lançada ainda este ano.

Impacto e futuro da Nvidia

A ascensão meteórica da empresa no mercado financeiro e tecnológico ressalta a importância crescente da inteligência artificial em diversos setores. A empresa tem sido um pilar fundamental na evolução da IA, fornecendo a infraestrutura necessária para avanços significativos em áreas como aprendizado de máquina, processamento de linguagem natural e computação de alto desempenho.

O futuro da Nvidia parece promissor, com planos ambiciosos para lançar novos chips de IA anualmente e continuar liderando a inovação tecnológica. A divisão de ações prevista para 7 de junho pode democratizar ainda mais o acesso dos investidores às ações da empresa, potencialmente impulsionando seu valor de mercado a novas alturas.

Fonte: The Verge

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X