Samsung investe em fábrica de semicondutores sem mão de obra humana

Samsung investe em fábrica de semicondutores sem mão de obra humana

A Samsung Electronics deu um passo significativo em direção ao futuro da fabricação de semicondutores, anunciando o desenvolvimento do “Sistema de Sensoreamento Inteligente”.

Esta inovação é projetada não apenas para aprimorar os rendimentos, mas também para transformar radicalmente a operação de suas fábricas de semicondutores. A visão final da Samsung é alcançar instalações totalmente não tripuladas até 2030, eliminando a necessidade de mão de obra humana em suas operações de produção.

Leia também:

Robô da Tesla sai do controle e ataca engenheiro em fábrica, revela relatório
Diretor da TSMC diz que NVIDIA será a maior empresa de semicondutores do planeta

Sistema de sensoreamento é o primeiro passo

Samsung

O “Sistema de Sensoreamento Inteligente” tem como objetivo monitorar e analisar em tempo real o processo de produção. Atualmente, ele demonstra a capacidade de lidar automaticamente com a uniformidade do plasma, uma etapa crítica no processo de fabricação de semicondutores.

A ambição da Samsung é automatizar completamente suas fábricas, e a meta para 2030 impulsiona a empresa a desenvolver sistemas capazes de gerenciar grandes volumes de dados e otimizar o desempenho do equipamento de maneira autônoma. A empresa está investindo ativamente dezenas de milhões de won em projetos relacionados a sensores inteligentes, vislumbrando que esses investimentos proporcionarão benefícios substanciais a longo prazo.

Os sensores inteligentes em desenvolvimento são projetados para medir a uniformidade do plasma em wafers, uma consideração crítica, pois a eficácia de processos como corrosão, deposição e limpeza na fabricação de semicondutores é fortemente influenciada por essa uniformidade.

A ideia é que essa transição seja feita a partir de soluções de IoT e automação, todos com o auxílio de IA. E tudo começa com o sistema de monitoramento e sensores de visão computacional. Uma característica notável desses sensores é seu tamanho compacto, permitindo que se integrem facilmente às fábricas existentes sem exigir espaço adicional, uma consideração crucial em ambientes controlados, como as salas limpas.

O futuro das fábricas para a Samsung

Samsung

O desenvolvimento do “Sistema de Sensoreamento Inteligente” envolveu uma colaboração estratégica com parceiros e instituições acadêmicas. Isso destaca a abordagem multifacetada e inclusiva da Samsung para impulsionar a inovação.

Um aspecto digno de nota é que esses sensores foram projetados e fabricados internamente, representando uma mudança significativa para a indústria de semicondutores sul-coreana. Tradicionalmente, empresas como a Samsung dependiam pesadamente de ferramentas estrangeiras para processos avançados. O investimento em tecnologia própria de sensores inteligentes marca um progresso notável na autonomia e independência da Samsung nesse setor.

Ao eliminar a dependência externa para certos componentes cruciais, a Samsung está se preparando para um futuro onde suas fábricas de semicondutores operarão de forma totalmente automatizada.

O movimento pode parecer um tanto drástico, mas acaba não sendo surpreendendo levando em conta o avanço tecnológico nesse segmento. A ideia é garantir uma produção mais eficiente e sustentável, e um “Sistema de Sensoreamento Inteligente” chega como um passo fundamental nesse caminho.

Fonte: TomsHardware

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X