Eidos Montréal cancela novo Deus Ex e demite funcionários

Eidos Montréal cancela novo Deus Ex e demite funcionários

Em novembro de  2022, foi revelado que, devido a aquisição da parte ocidental da Square Enix pela Embracer Group, que envolvia a Eidos Montréal, um novo game para a franquia Deus Ex estava em desenvolvimento. No entanto, o panorama agora é outro. O projeto, segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, foi oficialmente cancelado, e a o estúdio demitiu 97 funcionários.

Em comunicado postado na sua conta no X (antigo Twitter), a Eidos Montréal menciona apenas as demissões. A empresa atribuiu a decisão a questões como o “contexto econômico global” e “mudanças na indústria”. Esses pilares acabaram sendo determinantes para uma reestruturação interna.

 

“Essas pessoas bastante talentosas e altamente experientes estão entrando no mercado de trabalho, e queremos que elas encontrem seus novos projetos e estamos ajudando nisso. Conforme navegamos por esses tempos difíceis, o bem-estar de nosso time é nossa prioridade, assim como o compromisso contínuo a criar games que jogares vão conseguir aproveitar no futuro próximo, completa a nota. 

No ano passado, quando um usuários afirmou no Twitter que Deus Ex: Mankind Divided não vendeu bem o bastante para receber uma sequência, Elias Toufexis, que deu vida ao protagonista Adam Jensen no game, disse que “não foi exatamente isso”, mas que as baixas vendas foram sim parte da decisão.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X