Valor de mercado da Bitcoin chega a US$ 1 trilhão

Valor de mercado da Bitcoin chega a US$ 1 trilhão

Nesta sexta-feira (19) o preço do Bitcoin bateu mais um recorde, ultrapassando a barreira dos US$ 55 mil. Com isso o seu valor de mercado chegou, pela primeira vez, ao marco histórico de US$ 1 trilhão! Atualmente, a criptomoeda está com alta demanda de compra e sofre uma escassez de oferta no mercado. Isso fez o seu preço, só no dia de hoje, subir mais de US$ 4 mil.

A informação vem do site CoinMarketCap, que mostrou que a capitalização da criptomoeda atingiu US$ 1 trilhão nesta sexta-feira. Já o índice CoinDesk revelou que também nesta sexta-feira a Bitcoin atingiu o seu maior valor, chegando a US$ 55,2 mil. Se formos converter isso em reais, teremos o valor de mais de R$ 300 mil para uma única unidade dessa criptomoeda. Realmente, bem impressionante.

Podemos observar que essa alta vem desde o começo de 2021, onde a moeda virtual acumulou uma valorização de 90%. E os motivos para isso são muitos. Mas o principal motivo é por causa do “halving”, que é um mecanismo que a cada quatro anos reduz a taxa de mineração da criptomoeda, deixando-a ainda mais escassa no mercado. Portanto, com a oferta diminuindo o seu preço aumenta. É a velha lei da oferta e da procura.

O halving mais recente foi ativado na metade de 2020. Porém, os seus efeitos começaram a aparecer agora no começo de 2021, quando grandes empresas entraram no mercado de criptomoedas. Por isso, em 2021 temos a maior demanda por bitcoin já registrada.

Uma dessas grandes empresas que entrou no mercado foi o PayPal. Trata-se de nada mais nada menos do que a maior plataforma de pagamentos do mundo. No segundo semestre de 2020 o PayPal implementou o suporte a negociações de criptomoedas, facilitando o acesso à Bitcoin para milhões de pessoas. Depois disso várias empresas gigantescas entraram na onda.

Por exemplo, a Tesla, do bilionário Elon Musk, comprou nada mais nada menos do que US$ 1,5 bilhão em bitcoin. Isso impulsionou muito o preço da criptomoeda, ajudando-a a chegar no valor de hoje (US$ 55 mil). Outra empresa do mesmo Elon Musk, a MicroStrategy, também anunciou que separou US$ 600 mil para comprar criptomoedas, em especial a Bitcoin (BTC).

Leia também
Pesquisa revela que 75% dos internautas brasileiros já ouviram falar em Bitcoin

Para você ter uma ideia da valorização da criptomoeda, há apenas um ano 1 bitcoin custa US$ 9.844. Em apenas 12 meses o seu preço aumentou 408%, tendo uma valorização absurda! Claro que o preço da criptomoeda também pode cair bruscamente, visto que o mercado é bem imprevisível, mas se eu tivesse algumas bitcoins na carteira estaria bem feliz.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X