Xiaomi anuncia Poco C3 com bateria de alta duração e câmera tripla

Xiaomi anuncia Poco C3 com bateria de alta duração e câmera tripla

Na última terça-feira (6), a Xiaomi anunciou na Índia o seu mais novo smartphone de entrada. Trata-se do Poco C3. Dentre os destaques podemos falar do conjunto de três câmeras na traseira e a bateria de 5.000 mAh que, de acordo com a própria Xiaomi, tem autonomia de 2 dias de uso ou 14 horas de reprodução de jogos. Na prática a gente sabe que é um pouco menos.

Curiosamente, o Poco C3 tem especificações técnicas muito semelhantes ao Redmi 9C, que foi lançado em junho e homologado para venda no Brasil em julho. Inclusive, já é possível encontrar o Redmi 9C em exposição em diversos quiosques da Xiaomi espalhados por shoppings e também no mercado cinza.

O Xiaomi Poco C3 tem uma tela de 6,53 polegadas com resolução HD+, câmera frontal de 5 MP e um notch discreto em forma de gota. Ele será vendido em 3 opções de cores, a saber: azul, preto e verde.

O conjunto triplo de câmeras traseira conta como sensor principal uma câmera de 13 MP, cuja lente tem abertura de f/2.2. Não é uma abertura tão grande, portanto, para fazer boas fotos, provavelmente o Poco C3 precise de ótimas condições de iluminação. As outras duas lentes são de 2 MP apenas, com uma sendo para fotos macro e a outra para calcular a profundidade de campo, necessária para fotos no “modo retrato”.

Dando vida ao smartphone temos um processador da MediaTek, o Helio G35. Ele tem oito núcleos de processamento (octa-core) que trabalham a uma frequência de 2,3 GHz. Por fim, temos ainda 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno.

Justamente por conta de suas especificações de entrada é que o Poco C3 consome pouca bateria. Por falar nela, temos uma bateria de 5.000 mAh que, segundo a Xiaomi, pode ficar 2 dias longe da tomada. Com essas configurações é algo bem plausível e compreensível.

E para finalizar a lista de especificações técnicas, o Xiaomi Poco C3 oferece ainda uma porta microUSB para o carregamento. Por falar nisso, o carregador que vem na caixa é de 65W e, portanto, deve ir de 0 a 100% em poucos minutos. Ele já vem com o Android 10 instalado que, por sua vez, ganha a roupagem da MIUI 12.

Na Índia as vendas vão começar no dia 16 de outubro. O modelo mais barato, com 3G de RAM e 32 GB de armazenamento custará o equivalente a R$ 570 na cotação de hoje. Já o modelo mais caro, com 4G de RAM e 64 GB de armazenamento sai por R$ 680. Infelizmente, não há previsão nenhuma de venda no Brasil e talvez ele nem chegue a ser lançado por aqui.

Fontes: Gizmochina

Sobre o Autor

Cearense. 34 anos. Apaixonado por tecnologia e cultura. Trabalho como redator tech desde 2011. Já passei pelos maiores sites do país, como TechTudo e TudoCelular. E hoje cubro este fantástico mundo da tecnologia aqui para o HARDWARE.
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X