AMD anuncia os processadores Ryzen Threadripper Pro 3000

AMD anuncia os processadores Ryzen Threadripper Pro 3000

A AMD anunciou uma nova linha de processadores, a Ryzen Threadripper Pro 3000. Em termos de desempenho, as novas CPUs são um meio termo entre os EYPC de segunda geração e os Ryzen Threadripper 3000. Os processadores dessa linha oferecem o dobro de canais de memória DDR4 em relação aos Threadripper convencionais, estamos falando de um controlador integrado DDR4 de oito canais, além de 128 pistas (ou linhas) PCI-Express 4.0. 

Outra diferença em relação aos Threadripper convencionais, é que os modelos da linha Pro não serão comercializados no varejo, você encontra esses chips apenas em estações de trabalho dos parceiros da AMD, como a Lenovo, que irá equipar o ThinkStation P620 com procesador Threadripper Pro 3000.

A linha recebeu 4 opções de processador. O carro-chefe é o Ryzen Threadripper PRO 3995WX. Este modelo conta com 64 núcleos e 128 threads, 288 MB de cache (L2+L3) e TDP de 280W. Assim como os demais integrantes da linha Ryzen Threadripper Pro, há suporte para até 2 TB de memória RAM DDR4-3200 com ECC (módulos UDIMM, RDIMM e LRDIMM), divididas em oito canais. Os clocks de operação do Threadripper Pro 3995WX são os seguintes: base de 2,9 GHz e boost de 4,3 GHz.

O próximo modelo do lineup é o Ryzen Threadripper 3975WX , com 32 núcleos e 64 threads, clock base de 3,5 GHz / boost clock 4,2 GHz, 144 MB de memória cache, 128 PCIe Gen 4 e um TDP de 280 watts. Em seguida , há o Ryzen Threadripper 3955WX, com 16 núcleos e 32 threads, clock base de 3,9 GHz / boost clock 4,3 GHz, 72 MB de memória cache, 128 PCIe Gen 4 e um TDP de 280 watts.

Finalmente, temos o Ryzen Threadripper 3945WX , com 12 núcleos e 24 threads, clock base de 4,0 GHz / boost clock 4,3 GHz, 70 MB de memória cache, 128 PCIe Gen 4 e um TDP de 280 watts.

Além do suporte extendido no quesito memória, e essa forma de venda ligada somente aos parceiros com máquinas montadas, os Ryzen Threadripper Pro contam com mais uma importante diferença em relação aos Threadripper para o consumidor final. O suporte ao que é chamado de AMD Pro Technologies, tecnologias relacionadas à segurança e suporte para empresas. Estamos falando, por exemplo, do Memory Guard, que criptografa totalmente a memória para protegê-lo se o seu computador for perdido ou roubado. Esses recurso também estão disponíveis em outras linhas da AMD, como Ryzen Pro 4000, anunciado em janeiro deste ano. 

Juntamente com as novas CPUs, a AMD confirmou a plataforma sWRX8, bem como o chipset AMD WRX80. A companhia não entrou em detalhes, mas foi confirmado que há mais interfaces que o TRX40. O Lenovo ThinkStation P620, um dos primeiros desktops com Ryzen Threadripper Pro 3000, chega ao mercado em setembro. 

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X