Adeus Intel: NVIDIA se torna a fabricante de chips mais valiosa dos EUA

Adeus Intel: NVIDIA se torna a fabricante de chips mais valiosa dos EUA

Em 2017, a Intel viu sua liderança de 24 anos desandar com a constatação que a Samsung passou a ser a empresa de semicondutores mais valiosa do mundo. Atualmente, este título está com a fabricante de chips TSMC, e agora a Intel tem mais um motivo para lamentar, já que a NVIDIA ocupou o posto de fabricante de chips mais valiosa dos EUA. Ambas foram fundadas no mesmo país e na mesma cidade, Santa Clara.

Nos últimos dias, o preço das ações da NVIDIA registrou um alto crescimento. Ao mesmo tempo, a capitalização de mercado do principal desenvolvedor de GPU aumentou para US$ 251,3 bilhões Entre as empresas de semicondutores, a NVIDIA ocupa a terceira posição, atrás apenas da taiwanesa TSMC e a sul-coreana Samsung. Este é realmente um feito histórico para a NVIDIA, já que é a primeira vez que a companhia ultrapassa a Intel, que registra uma capitalização de US $ 248,15 bilhões.

É importante ressaltar que se trata de valores mobiliários, quando falamos de receita total, a NVIDIA ainda está bem átras da Intel. Segundo estimativas preliminares, este ano a receita da Intel será de cerca de US $ 73,8 bilhões, enquanto na NVIDIA deve chegar a US $ 14,6 bilhões.

A principal razão para o crescimento sem precedentes no preço das ações da NVIDIA é o enorme interesse em GPUs para data center e soluções de inteligência artificial. A NVIDIA é responsável por 50% desse mercado. O otimismo comos investidores também tem relação com o lançamento iminente das placas gráficas GeForce RTX baseadas na arquitetura Ampere.

A NVIDIA tinha uma relação bem próxima com a líder do segmento de semicondutores, já que boa parte das GPUs projetadas pela gigante norte-americana são prozidos pela TSMC. tem sido assim desde quando a NVIDIA lançou a GPU NV5 B6, de 1999, que equipa a placa NVIDIA Riva TNT2.

As novas GPUs da NVIDIA, baseadas em 7nm, serão produzidas pela Samsung. O acordo foi confirmado no início do mês. Ambas já haviam trabalhado juntas, já que as GPUs da GTX 1050 e GTX 1050 Ti foram produzidas pela gigante sul-coreana.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam Elogios, críticas e sugestões de pauta: william@hardware.com.br
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X